Pais

Baba por que vem dente ou baba por que é bebê?

Quando os dentes chegam, é bom ter um estoque de babadores porque o que está por vir não é tarefa fácil

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Eu lembro que fiz essa pergunta para a pediatra logo que a Laura completou seus 4 meses. Ela começou a babar demais e eu, pai neurótico e inexperiente de primeira viagem, obviamente fiquei preocupado. Não sabia se ela estava doente, se tinha algum problema na boca. Era tanta baba que conseguiria acabar com a seca do Nordeste – tá bom, exagero terrível.

A resposta na época era simples: Bebês babam. Agora o babador não é mais um acessório, é parte da indumentária, então podem utilizar. Repassamos isso para a avó, que fez questão de comprar alguns modelos diferentes. É uma mistura de lenço de festa junina, com cachecol de luxo estampado de onça em seda. É bonito, mas na Laura tudo fica engraçado. Não sei porque, mas a minha filha tem cara de comédia. Aí chegaram os 6 meses e a baba foi aumentando e aumentando e eu já tinha na minha sala um oceano inteiro. As toalhas, sofá, Lanna e Lex (meus dois cães abrutalhados) criaram fungos pelo excesso de umidade.

Anúncio

FECHAR

Novamente perguntamos a pediatra e a resposta mudou: Estão chegando os dentes. Nessa hora meus camaradas, você precisa ter um estoque de babadores e peça a Deus para ter um ótimo senso de humor quando enfiarem a mão completamente ensopada dentro da sua boca no momento que você estiver falando, ou, quando a baba que já escorre pelo seu braço for arremessada e espalhada por todo o seu rosto. Isto para os bebês, acredito eu, funciona como se fosse um pacto de sangue, onde cada um mistura o seu sangue com o outro. Só que menos arriscado e mais nojento.

Tudo bem que a baba nem é fedida, mas viver molhado não dá e isso não é exagero. Ontem fui pegar o controle remoto e ao apertar o botão tive a sensação de ter espremido uma daquelas cápsulas recheadas de um líquido pegajoso. Os botões estavam encharcados. E saibam que eu tenho experiência com baba, a Lanna é a cachorra mais babona do cosmo, mas nada me preparou para a Laura. Eu só não coloco uma mordaça na bolota porque a coitadinha está sofrendo demais com toda essa história de dente. Febre, coceira na gengiva e todo tipo de desconforto. Se nesta idade ainda não existe a possibilidade da fada do dente, certamente algum duende maldito está agindo novamente.