Família

10 frases que toda mãe fala

Você teve filhos e, de repente, percebeu que estava falando igual a sua mãe? Pois é, acontece.

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

O velho ditado já dizia: “mãe é tudo igual, só muda de endereço”. Pode não ser tão verdade assim, mas que todas repetem algumas frases, ah, isso é verdade. Depois de ler a lista abaixo, conta pra gente se você também diz as mesmas coisas!

Anúncio

FECHAR

1-      “Você não é todo mundo!”

E você não é todo mundo pra tomar sorvete antes do almoço, pra tirar 5 em matemática, pra ir à festa da Pri… Não importa quantos anos você tenha, nunca vai ser “todo mundo” pra sua mãe.

2-      “Vem comer que vai esfriar”

Afinal, pausar o videogame pra ir almoçar pode ser muito chato.  Mas como quem conhece a fúria materna tem medo, basta esse aviso pra aparecer na mesa de jantar imediatamente.

3-      “Ai se pega no olho”

Porque mãe que é mãe sempre acha que as coisas vão, invariavelmente, voar direto para o olho da criança. Mesmo que o objeto ameaçador passe a metros de distância da cabeça dela.

4-      “Só não esquece a cabeça porque está grudada no pescoço”

Quem nunca esqueceu a toalha da natação (ou insira qualquer outro item aqui) não sabe o que é ligar pra mãe cinco minutos depois de ela ter te deixado na escola e ouvir o famoso chavão.

5-      João. Pedro. Lopes. Amaral.

Dá até um arrepio na espinha, né? Ouvir o nome completo e todo assim, bem pausadamente, é sinal de bronca na certa!

6-      “Tá pensando o que? Na sua idade, eu já trabalhava e estudava”

Porque reclamar da aula de inglês e choramingar pra não ajudar a enxugar a louça do almoço pode resultar em 127.987 lembranças da época em que a sua mãe trabalhava fora, estudava e ainda ajudava nas tarefas de casa. Tá pensando que era fácil, é?

7-      “Você tá levando uma blusa? Vai esfriar, hein!”

E não importa que o sol esteja brilhando lá fora. Se a sua mãe mandar levar uma blusa, leve! Talvez a maternidade dê às mulheres algum dom especial para a meteorologia, ou talvez seja só a famosa “praga de mãe” mesmo. O fato é que se não ouvir o conselho, batata! Vai passar frio. Misteriosamente, o mesmo vale para a relação entre guarda-chuva e tempestades apocalípticas.

8-      “Em casa a gente conversa”

Basta ouvir isso pra saber que o tempo fechou. E é bom se dar por satisfeito e ficar feliz por não levar aquela bronca federal na frente dos amigos ou no meio do supermercado.

9-      “Eu vou contar até três!”

E nunca soube o que é viver perigosamente quem não chegou até o dois e meio.

10-  “Um dia você ainda vai me agradecer por isso”

Pelo espinafre forçado, por estudar as frações e decorar a tabuada, por só tomar refrigerante aos finais de semana e por não poder viver de pizza e chocolate. A gente pode não dizer sempre, mas agradece, sim. Muito.

E quais os desafios de ser mãe nos dias de hoje? Veja aqui o que algumas têm para dizer sobre: