Notícias

Propaganda feminista causa polêmica ao mostrar crianças falando palavrão

Que fique claro: Pais&Filhos é contra a adultização da criança. Mas a gente quer saber sua opinião.

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Nesta semana o site ativista Fckh8.com, que promove campanhas contra machismo, homofobia e racismo, divulgou um vídeo com meninas de 6 a 13 anos vestidas de princesas. Mas elas deixam claro que não são donzelas em perigo que precisam ser salvas…

No vídeo, algumas delas falam palavrões e termos fortes, como estupro, desigualdade social e violência. Isso porque o intuito do trabalho é questionar se é mais ofensivo uma criança falando palavras chulas ou a forma machista como a sociedade trata as mulheres e meninas.  

Com foco em chamar atenção para as causas feministas, as meninas também destacam a diferença de salários entre homens e mulheres ou que uma em cada cinco mulheres é estuprada ou abusada sexualmente em algum momento da vida.

Anúncio

FECHAR

Além disso, um menino, também vestido de princesa, se manifesta contra o sexismo ao dizer que quando alguém diz para meninos não agirem como meninas, é por achar que ser uma menina é algo ruim.

As mães das meninas também participam da ação e passam a seguinte mensagem: “Em vez de lavar a boca dessas crianças com sabão, talvez a sociedade que deva rever suas atitudes”.

O fato ganhou repercussão nas redes sociais e alguns internautas acusaram os pais das crianças de “abuso infantil”. O site Fckh8.com publicou recentemente uma nota defendendo o conteúdo da campanha.

Pais&Filhos é contra adultizar as crianças. E você, o que acha disso tudo?

Assista ao vídeo: