Notícias

Papa estimula aleitamento materno dentro da Capela Sistina

Durante cerimônia de batizado, Franscisco aconselhou as mães a amamentar as crianças caso chorassem durante a celebração

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

O Papa Francisco revolucionou mais uma vez ao encorajar as mães católicas a fazer o aleitamento materno – mesmo dentro da Igreja. O Papa falou com alguns fiéis na Capela Sistina, durante a cerimônia de batismo de 32 bebês, inclusive Giulia Scardia, filha de um casal que se casou apenas no Civil (isso nunca tinha acontecido antes).

Conheça nosso aplicativo de amamentação

Anúncio

FECHAR

20 coisas para NÃO dizer a uma mãe sobre amamentação

Desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, o Papa Francisco já falou várias vezes que não se deve fazer com que as crianças nascidas de casais em “situações irregulares se sintam como um fiéis de segunda categoria”.

Diferentemente de seus antecessores, que faziam longas homilias durante o batismo, o Papa Francisco falou rapidamente, e sua fala foi centrada nas crianças.

Durante a cerimônia, Francisco falou de forma descontraída que muitos bebês poderiam chorar por se sentirem desconfortáveis ou com fome e disse que as mães poderiam ficar à vontade em dar de mamar ali mesmo, pois os bebês eram as pessoas mais importantes ali dentro.

No mês passado, Papa Francisco já havia falado sobre o assunto afirmando que as mulheres nunca deveriam se sentir constrangidas durante o aleitamento materno – mesmo que fosse realizado durante cerimônias.