Notícias

Pai solteiro abandonado pela esposa faz depoimento emocionante sobre sua experiência

Richard Johnson escreveu sobre criar sua filha sozinho desde que ela tinha 1 mês e o post se tornou viral

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Pai solteiro com a filha

Richard Johnson tinha apenas 20 anos quando se tornou um pai solteiro. Agora ele está fazendo posts emocionantes detalhando sua experiência na página Life of Dad do Facebook, e seus depoimentos já se tornaram virais. “Os dias têm sido tão difíceis que muitas vezes eu achei que não fosse conseguir sobreviver a um novo dia”, escreveu Richard. “Eu passei algumas noites acordado abraçando minha menininha enquanto ela dormia porque eu não sabia se seria um pai suficientemente bom para ela”.

Ele é pai de Persephone, que agora tem quase dois anos. A mãe da menina abandonou os dois depois do nascimento da filha. Richard não sabe por que ela fez isso, mas desconfia que seja algo relacionado à depressão pós-parto. Ele fala sobre a primeira vez que ele se viu sozinho com sua filha: “Eu estava tão nervoso e assustado sobre ser pai no geral, mas agora eu era um pai solteiro e tinha que fazer os dois papeis. Eu não tinha certeza de que iria conseguir”.

Anúncio

FECHAR

Pai solteiro com a filha 2

Richard comprou todos os livros sobre primeiro filho que encontrou e viu mais de mil horas em vídeos no YouTube sobre os assuntos mais diferentes, desde pentear o cabelo até como lidar com as birras. O post falando sobre sua história tem mais de 30 mil curtidas e mais de 1.500 comentários falando sobre quanto o depoimento que ele escreveu é emocionante. “Você não é apenas um ótimo pai, você é uma pessoa que tem compaixão”, escreveu um internauta.

Richard diz estar muito feliz com todos os comentários de incentivo que recebeu e postou em seu Facebook a seguinte mensagem: “Enquanto estou sentado aqui escrevendo para vocês, meu coração quer pular para fora do peito e as lágrimas querem escorrer pelo meu rosto. Muito obrigado a todos e a cada um de vocês. Vocês nem imaginam o quanto todas essas palavras significam para mim. Eu estou sempre me criticando e imaginando como posso ser um pai melhor e isso era exatamente o remédio que eu precisava”, finalizou Richard.