Notícias

O lado “mãe” é o que pesa

Juliana, mãe de Henrique, tinha medo de não ver o filho dar o primeiro passo

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Depois que o Henrique nasceu, não voltei a trabalhar por dois motivos: sempre tive em mente que quando tivesse um filho não trabalharia para cuidar dele. Afinal, é um momento único e queria vivenciar todo seu desenvolvimento, pois quando falam que o primeiro ano voa, é pura verdade. Então, tive esse prazer de participar de tudo: sorrisos, trocas de fraldas, mamadas, balbucios, primeiras palavras, primeiros passos. Ficava com medo que, se trabalhasse, sairia pela manhã e à noite meu filho estaria andando. Mas isso não aconteceu (risos). 

Outro motivo: trabalhava muito longe, ou seja, correria o risco de não ver meu filho acordado. Então saí da empresa na qual trabalhava. Apesar de ser uma empresa boa, pesou o lado mãe. 

Mas fico aqui pensando tudo que meu filho faz de errado por exemplo: é minha culpa, por que estou em casa? Será que não ensinei direito? Me sinto culpada e percebo que as pessoas não entendem que pode ser personalidade dele. 🙁

Anúncio

FECHAR