Notícias

Não consegui amamentar

Mariana Gonçalves, mãe de Gaia, carrega com ela a culpa de nunca ter amamentado sua pequena

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Mariana Gonçalves mãe de Gaia  participa da campanha Culpa,Não! O tema do mês de Junho é  “Não dou leite comum, dou fórmula”  se você também quiser participar siga a nossa página no Facebook e mande um depoimento sobre o tema do mês para giovanna@revistapaisefilhos.com.br .  

Eu pensei em tudo durante a minha gravidez, menos que não conseguiria dar o peito a minha filha, eu não tinha duvidas sobre isso. Estava tão segura que seria um ato normal,que nem mamadeira eu comprei,não entrei no “vai que precisa”, tinha a certeza que não precisaria tão cedo.

Quando minha tia chegou com a minha mãe para me dar uma mão durante os primeiro dias de vida da Gaia, repassei com ela algumas coisas da minha lista, coisas básicas, quando chegamos no item mamadeira,minha tia disse :” melhor comprarmos,pelo menos uma,vai que…”. Lembro que olhei pra ela, pedagoga, com uma vasta experiência com bebes e pensei: “Compro, mas nem vou precisar usar, será pra ela ( minha tia ) ficar tranqüila em relação as coisas que faltavam”.

Anúncio

FECHAR

Moro na Itália e por diversos motivos, optei pela cesárea, sem culpa nenhuma, sem traumas, sem nada… Lá fomos nós no dia marcado, Gaia nasceu a 13 :30,em janeiro de 2013 e as 15hrs ela chegou pra mim,nos meus braços. Minha tia comigo no hospital, obviamente tentamos dar o peito pra Gaia ( tentamos porque minha tia foi peça  fundamental nas minhas tentativas )mas ela não pegou. Pensamos, hoje não deu,amanha estarei melhor, mas relaxada ela vai pegar.

No dia seguinte a bebe da menina da cama ao lado já não desgrudava do peito da mãe, e Gaia,nada. Começou ai meu pânico, voltamos pra casa,e nada,me veio uma febre de 40 graus por 3 dias e nada dela pegar,nada do leite  descer.

No meio tempo Gaia já tomava fórmula e eu tomava culpa,a cada mamada dela. Lembro que até o segundo mês,minha pequena teve muita cólica e as frases” Se ela mamasse no peito,isso não aconteceria” entrava no meu coração como uma faca, a gente não se prepara para o ” não consegui amamentar” e na maioria das vezes as pessoas ao seu lado não te ajudam.

Lembro de amigas pelo facebook ( já que moro longe ) me perguntando como eu não estava dando o peito, se eu tinha tentando direito, o que me deixava ainda mais triste. Acho que nunca chorei tanto na minha vida… Que frustração… Para coroar esse sentimento, Gaia tinha um forte refluxo e trocamos de marca diversas vezes.

Hoje,Gaia completou 5 meses dia 10 de junho,sou muito mais tranquila em relação a isso,mas confesso que fico envergonhada quando vejo uma matéria falando da importância do leite materno.

Acho que vou carregar essa culpa pra sempre, porque tenho essa sensação de que poderia ter feito mais, tentado mais. No mais, minha pequena è saudável e feliz, cresce muito bem engorda bem.

Acho que ser mãe é isso, é criar bolsos imaginários para colocarmos todas as nossas culpas, nossas, somente nossas…