Notícias

Morre o eterno Willy Wonka, que marcou a nossa infância

Você já falou desse filme com o ator Gene Wilder para o seu filho?

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

unnamed (1)

O ator Gene Wilder como o eterno Willy Wonka (Foro: Reprodução)

O primeiro e eterno Willy Wonka do clássico de 1971 “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, ator americano Gene Wilder morreu aos 83 anos em sua casa, na cidade de Stamford, Estado de Connecticut, nos EUA. A informação foi confirmada pela agência de notícias Associated Press nesta segunda-feira (29).

Segundo a imprensa americana, o ator teve complicações decorrentes do Alzheimer que o levaram à morte. Um sobrinho do ator, Jordan Walker-Pearlman, disse que Gene Wilder foi diagnosticado com Alzheimer há 3 anos, mas escolheu não revelar sua condição ao público. “Ele simplesmente não conseguia aguentar ideia de um sorriso a menos no mundo”, disse em um comunicado.

Gene, cujo nome de batismo era Jerome Silberman, ficou conhecido mundialmente por atuar em diversos filmes do diretor Mel Brooks e em comédias ao lado do ator Richard Pryor. O ator chegou a ser indicado duas vezes ao Oscar por “Primavera Para Hitler” (1967) e “O Jovem Frankenstein” (1974). Ao Globo de Ouro foi nomeado por “O Expresso de Chicago” (1976) e “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (1971). Esse último lhe rendeu seu personagem mais célebre, o insano dono da fábrica de chocolates Willy Wonka, que em 2005 seria interpretado por Johnny Depp em remake conduzido por Tim Burton.

Anúncio

FECHAR

Multitalentos, Wilder também foi produtor e diretor. Conduziu diversos filmes como a comédia romântica “A Dama de Vermelho” (1984), que venceu um Oscar e um Globo de Ouro de melhor canção original, por “I Just Called to Say I Love You”, de Stevie Wonder.

Em 1998, ele chegou a ganhar um Emmy de melhor ator convidado em série de comédia, após participar de “Will & Grace”.

Nesta segunda, após a confirmação da morte do ator, muitos amigos se manifestaram nas redes sociais.

“Um dos verdadeiros grandes talentos dos nossos tempos. Ele abençoou cada filme que fizemos com sua mágica e me abençoou com sua amizade”, escreveu Mel Brooks em sua conta no Twitter.

O ator Jim Carrey escreveu: “Gene Wilder era uma das mais engraçadas e doces energias a tomar forma humana. Se há um paraíso, ele tem um tíquete dourado”.