Notícias

Menina de apenas 7 anos fez o melhor protesto a favor do casamento igualitário

“Homem crescido contra aluna da primeira série. Ela me disse depois que sentiu medo, sim”, escreveu o pai de Zea, que se tornou símbolo do movimento

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

Zea balançando a bandeira

“Zea não apenas balançou a bandeira para o homem que estava incitando o ódio e saiu. Eles ficaram frente a frente, durante vários minutos, enquanto ele gritava todo o seu fogo e enxofre direto em seu rosto”, escreveu Ryan Bowling no seu Facebook. Ele se referia a sua filha, Zea, uma menina americana de apenas 7 anos que usou toda sua coragem para fazer valer sua opinião em um momento ícone.

Ryan filmou a cena em um final de semana do ComFest, um estival e artes e música que acontece em Columbus, capital de Ohio, nos Estados Unidos. A manifestação silenciosa, porém muito significativa, aconteceu logo depois da aprovação do casamento homoafetivo pela Suprema Corte do país.

Anúncio

FECHAR

Zea se manteve firme, balançando a bandeira com as cores do arco-íris, símbolo da luta LGBT, enquanto o pastor pregava na rua falando em um microfone, durante o festival. Algumas pessoas se aproximaram da menina para dar apoio e comemorar seu protesto batendo as mãos, e Zea retribuiu com muita convicção.

O momento se tornou tão simbólico que foi registrado pela fotógrafa Mara Gruber, a foto já faz parte dos ícones do festival e a cena rendeu até uma estampa de camisas, que estão sendo vendidas com o objetivo de reverter os lucros para Zea e para uma ONG que apoia a comunidade LGBT, escolhida pela família da menina. Veja o vídeo: