Notícias

Mais segurança: “Uber” de mulheres para mulheres chega a outras cidades

O cadastro no Divas Flor pode ser feito apenas por pessoas do sexo feminino

Jade Lourenção

Jade Lourenção ,Filha de Rosana e Ricardo

mototQuem é mulher sabe o medo que passamos no transporte público e também no privado. Mas agora, além do Lady Driver – aplicativo lançado em São Paulo- que funciona igual um Uber, mas apenas com motoristas do sexo feminino para passageiras do sexo feminino (visando evitar assédio e piadas de mau gosto), chegou também o Divas Flor, que está rodando nas ruas do Ceará.

“Eu era motorista do Uber, e muitas mulheres relatavam que tinham medo de andar com homens, principalmente no horário da noite. Então, fui pensando em criar um aplicativo que podia deixá-las mais à vontade e sem chance de sofrerem assédio” diz Eveline Carolina, uma das idealizadoras do aplicativo.

Mas a vantagem não é apenas para as passageiras, as motoristas também estão mais felizes: o valor da corrida não é dividido com a empresa que administra o aplicativo, a única taxa é um valor mensal de R$200 que é pago para a manutenção da plataforma.

Anúncio

FECHAR

O cadastro no Divas Flor pode ser feito apenas por mulheres, mas se estiverem acompanhadas por filhos, marido, namorado ou amigo, não há problema algum para o transporte dos passageiros homens. As informações são do site Só Notícia Boa

Links para baixar o aplicativo:

Divas For  (GooglePlay)
Lady Driver (GooglePlay)
LadyDriver (AppleStore)

Leia também:

Mãe doa mais de 28 litros de leite materno para as vítimas do furacão Harvey

Amizades

Pais&Filhos TV