Notícias

Filhos com manual de instruções

Cristina Diniz, mãe de Nina e Maitê, conta qual foi o seu sentimento no 16º brunch da Pais & Filhos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Participar do 16º Brunch foi além de tudo: uma experiência nova e que, de certa forma, me fez mudar algumas “posturas”, diante de tudo que acredito e tento mudar como mãe de duas meninas!

O tema não poderia ter sido mais propício, já que se tratava da “culpa” que sentíamos, por mantermos determinadas atitudes, que temos a plena consciência de que estamos “erradas”, porém, somos exemplos dentro de casa e acabamos repassando aos filhos. A minha culpa é e ainda continua sendo a de não comer determinados legumes e vegetais. 

As minhas filhas convivem com isso e já me questionam o porquê de eu não comer também! Difícil situação, porém a convidada Elizabeth Monteiro, com toda a sua sensatez e discernimento, me expôs de uma forma bem simples, que devemos sim oferecer de tudo um pouco às crianças e esclarecer que de alguma forma, eu estou errada por não comer esses alimentos saudáveis e reforçar sempre o lado positivo, elogiando, uma vez que as minhas filhas comem de tudo. 

Anúncio

FECHAR

Questionei à Mônica, que filho não vêm com Manual de instrução, para podermos lidar com essas diferenças. Mas ela me expôs uma das melhores respostas que já ouvi e me fez pensar bastante a respeito: “filho vem com manual de instrução, sim… Nós que não percebemos o que eles querem nos dizer, principalmente quando somos mães de primeira viagem”. A partir dessa e de outras respostas que ouvi das mães presentes, tentei estar mais aberta a essas e outras questões e percebi que no final, mães são todas iguais… Com suas culpas, seus defeitos, seus medos, mas aprendendo acima de tudo com o dia a dia.