Notícias

Faltaram dias no calendário

Lívia Pacheco, mãe de Filipe, sente que o tempo começou a voar depois que passou a ser mãe

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Mais um ano chegando ao fim, parece que foi ontem que fiz a minha retrospectiva de 2012, parei e pensei em tudo o que queria para 2013. O ano que mal começou e já acabou: é assim que sinto, sinceramente. Faltaram dias no meu calendário!

Só quando passamos a ser mãe é que entendemos que o tempo realmente voa, e vou ser sincera: os planos eram muitos para 2013, mas infelizmente não consegui cumprir todos. Tudo o que pensamos e planejamos passa a ter um sentido diferente com a chegada da maternidade, e pode ser que nem tudo seja possível de executar. Isso é frustrante? Claro que não, pelo menos pra mim!   O filho só acrescenta e agrega novos sonhos e planos, e o meu veio para me fazer sonhar mais. Não me culpo por não ter conseguido concluir tudo, só agradeço por ter conseguido ter novos sonhos durante esse ano.

Anúncio

FECHAR

Como toda mãe, uns dos planos era voltar à rotina de atividade física pós-parto. Sinto muito, mas não foi possível por diversos acontecimentos com meu filho, mas ele trouxe outro sonho. Outro projeto era voltar a atuar na minha área, trabalhava com comunicação e marketing, mas voltar ao mercado de trabalho ainda não é possível. Mesmo assim, meu filho trouxe o desejo de unir a maternidade e a minha criatividade e criei o blog Mamãe Virtual. Nele crio, desenvolvo, faço relacionamentos… Exatamente como eu atuava, esse sonho veio ao longo do ano. Outro projeto era fazer algumas viagens em família e só consegui uma, mas vamos lá, 2014 está aí e isso já está em nossos planos!

Para 2014 os projetos são muitos, já venho pensando nisso há algumas semanas. Entre eles, estão: a atividade física permanece na lista e com prazo para o início; ler mais para o meu filho; dedicar uma parte do meu tempo em ação social com crianças – esse desejo veio depois de uma cirurgia que meu filho fez em novembro, na qual vi a diferença que esse gesto faz para as crianças hospitalizadas -; orar mais e participar meu filho desse momento; trabalhar para o crescimento do blog Mamãe Virtual – para ele, são muitos projetos -; estar mais presente com a minha família, que mora longe; buscar mais qualidade de vida para minha família em todos os sentidos; e os mais importantes para mim: a cada dia e segundo desse novo ano, ser uma boa esposa, boa mãe, boa filha, ser exemplo positivo para o meu filho, fazer o melhor para vê-lo feliz, solidificar a cada dia mais a nossa família pra que ele entenda esse valor.

Todos os nossos planos entregamos a Deus. Esses são apenas alguns. Ele nos dará a direção de cada um e pode ser que não execute todos, mas o mais importante é sonhar!
“Peça a Deus que abençoe seus planos e eles darão certo” Pv.16:3.