Notícias

Escola para conviver melhor

Jackeline Graça, mãe de Davi, colocou seu pequeno com dois anos na escolinha e tem certeza: foi o melhor para ele

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Jackeline Graça, mãe de Davi, participa da campanha Culpa,Não! O tema do mês de Maio é  “Culpa por deixar a criança na creche”  se você também quiser participar siga a nossa página no Facebook e mande um depoimento sobre o tema do mês para giovanna@revistapaisefilhos.com.br .  

Outra culpa que eu sentia como mãe era em relação ao colégio, as pessoas me diziam que meu filho ( 2 anos) era muito novo, que ele não precisava ir ao colégio por que tinha minha mãe para olhar ele pra mim. Ouvi muitas coisas em relação a isso e ainda tenho sérios debates com meu pai por conta disso.  

Mas sinceramente eu tenho certeza a cada dia que passa que fiz o melhor pro meu filho. Eu não o coloquei no colégio para que as professoras tomassem conta dele, mas para que ele tivesse convívio com outras crianças, para que ele tivesse amigos. Já li pelos blogs maternos dizendo que isso é desculpa de mãe que não ter trabalho com o filho, mas então o que dizem de uma mãe que trabalha o dia todo para sustentar o filho e o coloca no colégio no período em que está trabalhando? Eu não tinha e não tenho nenhuma vantagem particular com isso, apenas a vantagem real do meu filho conviver com outras crianças, do meu filho ficar mais alegre.

Anúncio

FECHAR

Sim eu disse alegre, é assim que ele anda e é assim que ele vai ao colégio. A falta de ter companhia para brincar que fosse da idade dele já estava deixando o Davi muito precoce e muito irritado com tudo, hoje ele é mais alegre. Ainda é cheio de razão, ainda é bravinho mas melhorou demais na relação com as outras pessoas, ele está mais sociável e agora quando vê uma criança diz pra mim “mamãe é um amiguinho”. As crianças da sala dele adoram ele, as mães sempre dizem ” ah meu filho só fala do Davi”, e um dia desses teve um amiguinho na porta do colégio que ficou gritando pra tia quando ela ia fechar o portão “Falta o Davi!”. Fico muito feliz quando vejo esse carinho das crianças com ele, por que indica que ele é um bom amiguinho, que ele aprendeu a conviver com outras crianças, ele está aprendendo a ser criança.

Então mesmo quando alguém reclama de eu levar ele pro colégio, mesmo quando as pessoas dizem que o Davi pode ficar em casa, eu não ligo, por que ele pode ficar em casa, mas não deve, ele não deve ser uma criança solitária, uma criança que se exclui na presença de outras e nisso o colégio está fazendo muito bem o seu papel. Afinal dá pra olhar essa carinha linda antes de ir pro colégio e achar que não faz bem? achar que to fazendo errado? O meu único juiz e meu único medidor é o Davi, é a felicidade dele e ninguém mais.