Notícias

É o melhor, mas dá um culpa

Elisangela Bandeira, mãe do Miguel Victor, colocou seu pequeno na escola mas a adaptação não está sendo nada fácil

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Elisangela Bandeira mãe de Miguel Victor  participa da campanha Culpa,Não! O tema do mês de Maio é  “Culpa por deixar a criança na creche”  se você também quiser participar siga a nossa página no Facebook e mande um depoimento sobre o tema do mês para giovanna@revistapaisefilhos.com.br .  

Desde os 4 meses de vida do Miguel, pensava em colocá-lo na creche, pois seria menos traumático para mim. Só que por insistência da família (avós, bisavós, tios e outros) decidi adiar essa decisão. E após a licença, voltei ao trabalho deixando meu filho com as avós em regime de escala (2ª, 4ª e 6ª com a avó paterna e 3ª, 5ª e sábado com a avó materna).

Isso durou até o final de fevereiro, ele com 1 ano de 5 meses, quando fui afastada do meu trabalho.

Anúncio

FECHAR

Decidi curtir um pouco meu filho e dar-lhe a minha referência, pois estar em tantas casas diferentes, muitas vezes era difícil identificar qual era o seu lar de verdade.

Após esse período de re-adaptação com meu filho decidi colocá-lo na creche por um período de 4 horas para que ele tivesse contato com outras crianças e pudesse brincar… E isso vai fazer 1 mês!!! Ele ainda chora quando o deixo com a professora. Até vai no colo da tia, mas quando vê que não estarei com ele começa a chorar… 

Isso me corta o coração, mas tenho que ser firme, pois sei que é para o bem dele. Mas as vezes penso em tirá-lo de lá, as vezes penso em dar mais um tempo para ele se adaptar…

Algumas pessoas me falam que ele ainda é muito pequeno para essa mudança e isso deixa um pouco culpada. E quando chego para buscá-lo e ele faz uma carinha triste do tipo “porque me deixou aqui” aí mais eu me culpo.