Notícias

Casais que dividem os cuidados com os filhos têm melhor vida sexual, aponta estudo

Pesquisa americana mostrou que quando pai e mãe assumem as mesmas responsabilidades, o casal é mais feliz e mais satisfeito

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

cais são mais satisfeitos quando dividem tarefas

Não é novidade para ninguém que as mulheres que são mães acabam ficando com a maior parte das responsabilidades quando o assunto são os filhos: educar, brincar, estipular regras, checar a lição de casa e até elogiar são algumas das obrigações diárias que as mulheres assumem em relação aos filhos. Esses também foram alguns aspectos analisados por estudiosos da Universidade do Estado da Georgia, nos Estados Unidos, para saber mais sobre a relação entre os cuidados com as crianças e os níveis de satisfação pessoal e sexual dos casais.

A pesquisa, apresentada no 110º Encontro Anual da Associação Sociológica Americana, entre os dias 22 e 25 de agosto, em Chicago, avaliou 487 casais heterossexuais com filhos. Os participantes foram divididos em três grupos: no primeiro, as mulheres eram responsáveis pela maior parte dos cuidados com os filhos; no segundo, os homens acabavam ficando com a maioria das responsabilidades e no último grupo todas as tarefas eram divididas entre os dois.

Anúncio

FECHAR

Foram separadas em outras três categorias de acordo com o tipo de cuidado para as crianças: atenção física e emocional, interação e supervisão. A relação entre o casal foi analisada de acordo com a frequência em que brigavam, o nível de felicidade com a relação e a periodicidade com que tinham relações sexuais (e como cada um se sentia sobre isso, claro).

Os resultados foram que, nas relações onde as tarefas e cuidados com as crianças são divididas ou ainda em que o homem assume a maior parte das responsabilidades, os casais são mais felizes e a vida sexual é mais ativa. Nos casos onde a mulher é responsável por mais de 60% das responsabilidades, o casal fica mais insatisfeito. “Ser um pai presente é muito importante para os homens. Essa pesquisa mostra que dividir os cuidados com os filhos faz bem para os dois sexos”, afirma Daniel Carlson, pesquisador que conduziu o estudo.

A equipe continuará nessa mesma linha dês pesquisa, agora para se aprofundar mais nas descobertas e entender o que está por trás desses resultados. “Estamos tentando compreender o que eles veem de tão positivo nessa divisão de tarefas”, diz Carlson.