Notícias

Campanha de vacinação começa nesta semana

Gestantes, lactantes e crianças de 6 meses até cinco anos de idade são prioridade

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 Nesta terça-feira (22), começa a campanha nacional de vacinação contra gripe. A ação pretende distribuir 53,5 milhões de doses da vacina nos mais de 65 mil postos de vacinação do Brasil.

Como forma de aumentar a imunização entre o público infantil, esse ano serão vacinadas crianças de 6 meses até cinco anos de idade. Nos anos anteriores somente crianças de até dois anos podiam tomar a vacina.

 “A faixa etária foi ampliada porque o público infantil é considerado um dos principais grupos de risco de transmissão do vírus”, explica a diretora de saúde pública da Sanofi Pasteur Brasil, Lucia Bricks.

Anúncio

FECHAR

Além das crianças, as gestantes e lactantes também são prioridades na imunização contra o vírus da gripe. “A gripe em gestantes é muito perigosa e pode causar má formação e lesões no bebê”, diz Lucia, que explica, ainda, que a vacina não contém nenhum organismo vivo, por isso não tem contraindicação.

Durante a gravidez, os anticorpos da vacinação são passados da mãe para o filho por meio da placenta. Da mesma forma, as mulheres que estão amamentando também fornecem a proteção necessária para os bebês por meio do leite materno.

Hora de vacinar

A vacina protege contra os subtipos de vírus Influenza H1N1, H3N2 e B. Se a mãe ou a criança estiver com gripe aguda, febre alta, tosse forte, e secreção nasal intensa, o mais indicado é esperar até os sintomas passarem para tomar a vacina.

Crianças com asma precisam de atenção redobrada e devem ser vacinadas o quanto antes, mesmo que tenham mais de cinco anos de idade.

Segundo Lucia, a vacina não causa nenhum tipo de efeito colateral, podendo somente causar um leve desconforto no braço por causa da injeção. Além disso, a dose não deixa doente e pode diminuir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonia e de 39% a 75% os casos de óbito por gripe.