Notícias

Cada um sabe quando seu calo aperta

Verônica, mãe de Thales e Eduarda, tinha até um pouco de vergonha mas precisava completar sua amamentação com fórmula

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Verônica mãe de Thales e Eduarda  participa da campanha Culpa,Não! O tema do mês de Junho é  “Não dou leite comum, dou fórmula”  se você também quiser participar siga a nossa página no Facebook e mande um depoimento sobre o tema do mês para giovanna@revistapaisefilhos.com.br .  

Opa! No tema atual sou doutora!!
Precisei dar fórmula aos meus dois filhos porque há algum tempo fiz uma mamoplastia redutora. Minhas glândulas foram preservadas, eu produzo leite normalmente, porém nem todos os meus dutos de drenagem foram preservados, assim, apesar de todos os esforços dos meus dois filhos não saía leite suficiente para suprir suas necessidades.
Minha primeira filha foi a que mais sofreu… Todos que me examinavam diziam “mas seu leite sai”, saía, mas nunca o suficiente para saciar a fome da minha filhotinha… Comecei a dar fórmula como complemento, mas me sentia frustrada, tinha até um pouco de vergonha de dar fórmula, porque queria amamentar exclusivamente e me diziam que era possível, então eu oferecia o peito e depois o complemento, mas eu controlava o complemento sempre com a intenção de tirá-lo.

Foram 50 dias da minha pequena chorando dia e noite! Até que em um momento, logo após oferecer os dois peitos, liberei geral o complemento. Pronto! Minha pequena estava calma e saciada, talvez pela primeira vez em sua vidinha! E desta maneira ela mamou até os 5 meses!
Com meu segundo filho eu já tinha a lição aprendida, então ele já saiu da maternidade com peito+complemento. Mas com 3 meses ele, que era mais esganadinho para se alimentar, desistiu do peito. Resisti um pouco, sofri novamente, mas no final tenho que confessar que foi um alívio parar de amamentar!

Anúncio

FECHAR

Cada mamada levava de 40 minutos a 1 hora e no final do processo meu bebê brigava e reclamava cada vez que era levado ao peito… E eu ainda tinha mais uma menininha com 2 aninhos para cuidar.
Acredito que na minha trilha sofri com preconceito, as pessoas falam muito, se metem muito… Mas no final das contas, cada um sabe onde seu calo aperta!!!
Hoje minha filha está com 2 anos e 8 meses, tomou fórmula até seu primeiro aniversário, meu pequeno está com 10 meses e ainda toma fórmula, os dois são lindos, saudáveis… e somos uma família muito feliz!!