Notícias

Aulas na floresta

Escola nos Estados Unidos faz crianças explorarem meio ambiente local para aprender ciência, tecnologia e artes

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Toca o sinal, vai começar a aula, passam algumas horas, sinal de novo, dessa vez é hora de descer para o pátio do colégio tomar o lanche. Depois de alguns minutos, os alunos voltam para a sala de aula por mais algumas horas e, então, mais um sinal, podem ir embora. É essa a rotina de muitas crianças que estudam hoje. E não é a toa que depois de alguns anos, a escola torne-se uma obrigação, nada além daquela rotina. Pensando em uma forma de mudar isso, um grupo de moradores de Bainbridge Island, nos Estados Unidos, fundou um centro de aprendizagem na floresta, o IslandWood.

A escola ao ar livre fica em Seattle numa área de 255 hectares projetada para inspirar e ensinar os alunos a lidar com noções que vão desde tecnologia até gestão ambiental. Adultos também podem fazer parte do processo educativo que tem como base: utilizar o meio ambiente como sala de aula, envolver diversos estilos de aprendizagem, demonstrar práticas sustentáveis, fazer com que as crianças experimentem a natureza colocando a mão na massa e integrar ciência, tecnologia e artes.

Na escola as crianças sairão em expedições pela floresta, se molharão, se sujarão. Uma aula de biologia e geografia, por exemplo, pode ser vivenciada pelas crianças.

Anúncio

FECHAR