Notícias

Aluna de Escola Waldorf é achada morta em fazenda após se perder do grupo

A Pais&Filhos lamenta o ocorrido. Nossa total solidariedade à família e à escola

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

waldorf_mat

Uma triste notícia: uma estudante da Escola Waldorf foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira em uma fazendo em Itatiba, SP, após se distanciar do grupo de alunos que fazia atividade extracurriculares no local. A estudante de 17 anos, participava de atividades extracurriculares externas junto com um grupo de mais 20 alunos no dia anterior, quando se perdeu. A escola acionou a Polícia Militar para iniciar as buscas. Mas a adolescente só foi encontrada na quinta-feira. Segunda polícia, não há sinais de violência física, mas as causas da morte serão investigadas. Há suspeitas de que a causa da morte pode ter sido desidratação e hipoglicemia.

A escola Waldorf Rudolf Steiner fica na zona sul de São Paulo e divulgou em nota que está de luto desde o meio-dia desta quinta e na sexta-feira. Nosso total apoio e solidariedade à toda família e à escola.

Anúncio

FECHAR

 

 

“É com profundo pesar que a escola Waldorf Rudolf Steiner informa o falecimento de uma aluna da 10ª. Série na área da fazenda Pereiras, município de Itatiba. A aluna participava, com seus colegas de classe, de atividades curriculares externas tradicionalmente desenvolvidas pela instituição de ensino.

Até o momento não há detalhes acerca do ocorrido, que já está sob investigação oficial.
Os demais alunos que participavam daquelas atividades encontram-se em segurança na sede da fazenda.

A escola estará em luto a partir do meio-dia desta quinta-feira dia 17 e também amanhã, dia 18, em respeito à família da aluna, colegas e toda a comunidade de nossa instituição.

A escola Waldorf Rudolf Steiner lamenta profundamente o ocorrido e está comprometida em garantir todo o apoio a família, alunos e membros de nossa comunidade.”