Família

Quitute com gosto de Natal

A Pais&Filhos TV foi buscar inspiração no Natal para ensinar uma receita que faz parte da memória afetiva de muita gente

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Não tem como negar: Natal que é Natal  tem que ter rabanada quentinha e com bastante açúcar e canela. Esse doce que quase derrete na boca, tem origem desconhecida, mas sempre está presente nas ceias de final de ano no mundo todo.

Anúncio

FECHAR

Para os católicos, o quitute nasceu no período da quaresma, época em que muitos deixam de comer certos alimentos, como a carne, e está inserido em um contexto de não desperdício do pão – alimento sagrado que simboliza o corpo de cristo. Há quem diga que a receita veio da região dos Minhos, fronteira de Portugal e Espanha, onde era usado vinho verde no lugar do leite.

Mas a lenda que mais representa o espírito natalino é de uma mulher muito pobre, que não tinha quase nada, e que precisava dar de comer para o filho recém-nascido. Para acabar com a fome, ela usa pão velho e leite para alimentá-lo. Depois disso, a mulher teve tanto leite que conseguiu alimentar o filho e as outras crianças da região. Por causa desse episódio, a rabanada é considerada um sinal de prosperidade e fartura.

Para trazer fartura e só coisas boas nesse final de ano, a Pais&Filhos TV convidou Márcia Zoladz, do site “Cozinha da Márcia”, para ensinar a sua tradicional (e deliciosa) receita de rabanada. Ficou com água na boca? Então pegue papel e lápis para não perder nenhum ingrediente dessa delícia:

Receita

Ingredientes:

  • 3 ovos

  • 1 xícara de leite

  • 1 colher de sopa de açúcar

  • 1 colher de sopa de extrato de baunilha

  • 1 colher de sopa de canela

  • Fatias de pão Italiano ou qualquer outro pão amanhecido

Modo de Preparo:

Junte o leite, os 3 ovos (batidos) e o extrato de baunilha em uma vasilha e mexa até formar uma mistura homogênea. Para ter um resultado melhor, coe o líquido com ajuda de uma peneira. Feito isso, é só mergulhar as fatias de pão na mistura e deixar escorrer o excesso. Para fritar, use uma frigideira e deixe a manteiga derreter em fogo baixo. Uma dica bem legal é acrescentar uma colher de chá de óleo ou azeite para evitar que a manteiga queime. Depois de prontas é só polvilhar açúcar e canela.