Mais

“Nós somos judeus e seguimos as regras de alimentação Kasher”

Mãe conta como lida com as regras judaicas na hora de comer fora

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Daniele Katz, mãe de Arie, Daphne e Sharon.

“Nós somos judeus e seguimos as regras de alimentação Kasher, o que dificulta um pouco as coisas fora de casa. Quando pequenos ainda é mais complicado, porque as crianças não entendem e querem o lanche do amiguinho, a pipoca da barraquinha e sempre temos que ter uma escapatória bem mais atraente na bolsa, que na minha, embora não seja muito saudável, c
ostuma ser um pirulito ou um saco de biscoitos.

Para nós, hoje em dia, as coisas estão um pouco mais fáceis do que há 5 ano atrás, porque um grupo de rabinos se juntou e criou a BDK e a LPK (www.bdk.com.br e www.lkp.com.br), que são duas listas com produtos alimentícios de supermercado que todos nós podemos comer. A lista tem, por exemplo, alguns salgadinhos, pão de forma e alguns picolés.

Anúncio

FECHAR

Restaurantes só os Kasher. O que é legal aqui em São Paulo, é que normalmente uma vez por ano fecham um McDonalds, limpam toda estrutura e acompanhamos desde o abate do boi até o hambúrguer entrar na caixinha para que possamos comer.

Quando vamos a festas e casamentos que não são de judeus praticantes, o pacotinho de amendoim prevalece na bolsa, mas para as crianças é muito ruim ver o brigadeiro e não poder pegar, normalmente acabamos por evitar estas festas. Enfim, é bem difícil comer fora”.

Culpa, Não!

Pais&Filhos TV