Mais

Fogo foguinho

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Esse friozinho de julho deixa todo mundo com vontade de ficar enrolado no cobertor quentinho. Quem tem uma lareira em casa, sabe que ela é uma ótima companheira nessas horas, principalmente quando a família está reunida se divertindo com um jogo. Mas é sempre bom ficar de olho nas crianças. Só no Brasil, cerca de 20 mil crianças são internadas por ano por causa de queimaduras, e o tratamento é demorado e dolorido. O melhor jeito de prevenir acidentes com lareiras é a total supervisão das crianças pelos adultos e o uso da grade, que impede que faíscas e brasas voem em direção às pessoas. Além disso, o uso do álcool, que em 2010 estava ligado às queimaduras em crianças em 30% dos casos, precisa ser feito com cautela. Produtos inflamáveis devem ser sempre guardados em lugares isolados e difíceis de serem alcançados, e sua utilização deve ser a mínima possível, sempre quando as crianças estiverem longe.  

Consultoria: Alessandra Françoia, filha de Harry e Maria Luiza, é Coordenadora Nacional da ONG Criança Segura.

Anúncio

FECHAR

Pais&Filhos TV