Mais

Edição 500 de roupa nova

É muita coisa, muita história, muita honra, muita página impressa...

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Emoção, claro! Edição número 500, pensa!

Foi a Larissa Purvinni, hoje nossa colunista, a primeira a se tocar da data e da importância dela. Marcos Dvoskin imediatamente embarcou na onda e pronto: vamos comemorar? Claro! Como? Acho que da forma mais bacana possível de honrar todo esse passado, as 500 edições feitas e publicadas: olhando para o futuro, nos transformando. Na constante busca do aperfeiçoamento, de fazer o melhor, decidimos que Pais & Filhos 500 estaria nova, diferente, e você já deve ter notado: estamos estreando um novo projeto gráfico.

Costumo dizer que o projeto editorial (o conceito da revista, a pegada, seu conteúdo e receita) é a engenharia dela. A arquitetura é o projeto gráfico. Raquel Fantinelli, nossa diretora de arte, caprichou na renovação. Elegante como a sua criadora. Raquel é chique, calma (pelo menos aparentemente) e muito na dela. Sem levantar a voz, comanda uma equipe de designers (só mulheres) de muito talento e garra, que trabalhou duro para tornar tudo isso realidade.  Obrigada Juliana, Mariana, Natália e Camila. Vocês arrasaram.

Anúncio

FECHAR

Aprendi com o budismo que o único modo de permanecer, das coisas “ficarem”, é fazendo com que elas mudem constantemente. Não estaríamos aqui comemorando essa data se por alguma razão louca, estivéssemos parados no tempo. E jornalista é maluco, você sabe: estamos o tempo inteiro procurando, querendo e buscando a mudança, não só do nosso produto, como na vida – nossa e das pessoas que nos leem, nos veem e confiam em nós.

Fico especialmente satisfeita de fazer Pais & Filhos porque além de tudo, não podemos esquecer que nosso assunto, nosso foco é a família, filho, educação. Falar disso é, por definição, falar de mudança. Quem tem filho sabe exatamente o que essa palavra quer dizer. Eles nascem e muda tudo. Ponto. E desse instante milagroso pra frente, a vida vira aquela enorme cama elástica…

Conheci esse texto do Saramago bem recentemente. Li e foi aquela iluminação. Me arrepiou e me fez mudar mais uma vez. Aprendi. Divido com você, com um carinho enorme. Edição 500, genteeeeee! Tim tim!

Mônica Figueiredo é diretora editorial e o melhor de tudo, mãe da Antonia.

Pais&Filhos TV