Mais

Carrinho 4X4

É possível exercitar-se durante os passeios com os bebês. É só usar o carrinho.

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Doze quilos. Doze quilos em dois meses. Parece brincadeira ou resultado de dieta milagrosa, mas não é não. Foi aliando uma reeducação alimentar com caminhadas regulares que Isabela Kanupp, mãe de Beatriz, perdeu peso e ganhou momentos com a filha. “Eu precisava emagrecer depois que ela nasceu e não tinha com quem deixar a Beatriz para frequentar uma academia. Então, a forma que eu encontrei foi caminhar com o carrinho de bebê”, conta.  

É bacana colocar a criatividade para funcionar e adaptar-se à realidade. Por isso, usar o momento do passeio do bebê para exercitar-se é uma boa alternativa para aqueles que não têm como matricular-se em aulas ou mesmo para os que querem apenas mais momentos ao ar livre com o filho.
 
Segundo o pediatra Vanderlei Zauter, pai de Mariana e Marcos, não existe nada que impeça a prática, pois quanto maior o contato entre pais e filhos, melhor. E isso reflete de forma positiva tanto na parte física quanto no contato com crianças. A experiência de Isabela confirma.
 
Quem teve um parto normal pode voltar a praticar exercícios leves depois de 15 a 20 dias. Já as que passaram por cesariana, o recomendável é que se espere em torno de 40 a 60 dias. “Para praticar atividades físicas, o acompanhamento médico é imprescindível, pois cada caso conta com as suas particularidades ” aponta a personal trainer Cinthya Borges, filha de Maria de Lourdes e Joacir. 
 
Cinthya aconselha que os novos atletas comecem devagar. Ou seja, o tempo de caminhada pode ir aumentando pouco a pouco, conforme seu corpo for se acostumando com a nova atividade. Não esqueça do protetor solar, de roupas confortáveis e tênis adequado. E o consumo de água é, obviamente, recomendado.
 
De três a cinco vezes por semana, saia com seu filho – devidamente seguro no carrinho – e procure locais arborizados, como praças e parques, para caminhar por cerca de 20 a 30 minutos. A caminhada é uma atividade que traz benefícios cardiorrespiratórios e vasculares, e também melhora a disposição física. “Você pode incrementar o percurso utilizando terrenos com pequenas inclinações. Isso torna o treino mais intenso”, explica a personal.
 
Outra opção para praticar durante os passeios com o bebê são os alongamentos. Eles são importantes para ajustar a postura, melhorar a mobilidade, desenvolver a consciência corporal e trabalhar a respiração. Não se esqueça de, nestes momentos, sempre travar as rodas do carrinho. E, cá entre nós, com um bebê esbanjando energia em casa, com um pique inesgotável, é bom estar sempre com o fôlego renovado. 
 
Consultoria: Cinthya Borges, filha de Maria de Lourdes e Joacir, é personal trainer. Vanderlei Wilson Zauter, pai de Mariana e Marcos, é pediatra do Hospital São Cristóvão.

Pais&Filhos TV