Mais

Brinco

É preciso cuidado na hora de colocar brincos na sua pequena

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Se você quer que sua filha use brincos, existem alguns cuidados que ajudam a evitar infecções e reações alérgicas. Se for possível, é melhor fazer o furo da orelha no consultório do seu pediatra, pois será um ambiente mais estéril do que lojas ou farmácias. Também pode ser em casa, desde que com uma boa enfermeira, e tudo bem esterilizado. Na hora de escolher o brinco, prefira joias, que têm risco menor de dar alergia. Tarraxinhas hipoalergênicas são uma boa escolha. As de plástico, por exemplo, vão prevenir reações nos bebês e dor de cabeça para os pais.  Segundo a pediatra Tanya Altman, autora do livro Mommy Calls, durante as primeiras duas semanas é recomendável limpar a orelha da criança com álcool duas vezes por dia e nos seis meses seguintes, uma vez por dia. E quanto menor for a criança, menor deve ser o brinco.

Pais&Filhos TV