Mais

Brincadeira: Colorir ovos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A tradição foi trazida para o Brasil pelos europeus. No Hemisfério Norte, a  Páscoa coincide com o fim do inverno e o início da primavera, estação associada à renovação. E não tem símbolo melhor pra expressar vida nova que os ovos. No Leste Europeu, é comum pintá-los, com técnicas que variam com a região. Lituana, Domicele Purvinis, avó de Larissa, Letícia e Liana, ensinou as netas brasileiras a pintar ovos usando casca de cebola e de beterraba ou espinafre: o truque era por os ovos para ferver com as cascas para obter ovos rosados, amarelo-ouro e verdes. Para aumentar a gama de cores, ela usava crepon, resultando em ovos lilases ou azuis. Na manhã de Páscoa, as netas repetiam a tradição de bater ovos: cada participante batia a parte de cima do ovo na parte de baixo de um outro. O que rachava era eliminado. No final, o ovo que não rachava era o vencedor. A brincadeira terminava com todo mundo comendo os ovos cozidos. Tente em casa: quem sabe seu filho não passa, finalmente, a gostar de ovo?

Agradecimento: Mônica Loducca, mãe de Ricardo, Gustavo e Eduardo, proprietária da oficina de arte em retalhos.
Foto: Daniela de moraes, filha de Beatriz e Eduardo

Anúncio

FECHAR

Pais&Filhos TV