Mais

Amamentar é o ato mais precioso

Mãe adorou amamentar e afirma que o leite materno é o melhor

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

10/09/2012

Nessaf Sousa, mãe de Júlio Filipe.

"A história que marcou a minha vida foi sem dúvida o nascimento do meu filho. O Júlio Filipe nasceu e foi uma experiência muito positiva. Após o seu nascimento, puseram o meu menino nos meus braços e sim
plesmente me disseram: ‘Mãe amamente o seu bebê’ e nesse momento eu tive apenas tempo de pedir um higienizador para as minhas mãos que estavam suadas. Em seguida peguei meu filho, fiz uma prega no mamilo e com toda a naturalidade o meu menino iniciou a mamada. Foi um momento único de amor, ternura e muita emoção. Me senti uma mulher forte e abençoada por ter leite para alimentar o meu bebê. Nas mamadas seguintes os meus peitos racharam, mas nunca desisti, porque sabia que o leite materno era o melhor alimento.

Anúncio

FECHAR

O meu bebê era um comilão e, às vezes, não agüentava 3 horas sem o peito. O pediatra aconselhou a introdução de um suplemento após as mamadas, para ele aguentar as 3 horas. Contudo, e com muita pena minha, só amamentei até aos 7 meses. Com a introdução da sopa e das papinhas o meu filho começou a rejeitar o peito direito e o pouco que mamava era no esquerdo. Amamentar é o ato mais precioso para a mãe e para o bebê".

Pais&Filhos TV