Mais

A malvada da espinha

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Durante a gestação é comum ter acne. Mesmo que você não se preocupe tanto com isso, é importante saber: o tratamento só pode ser feito com acompanhamento médico.

Não muito tempo atrás, bem no dia daquela festa esperadíssima, você acordou, olhou-se no espelho e lá estava ela. Toda vermelhinha e inflamada, pronta para assustar qualquer pessoa – depois que você mesma se recuperasse do susto, claro. Pois é, se durante a adolescência – ou mesmo depois de adulta –, você teve uma quantidade considerável de manhãs como essa, fique atenta. Na gestação, em função do
crescimento da circulação dos hormônios, você vai estar mais propensa a ter acne.
A dermatologista Luiza Vicencio, filha de Fuad e Nádima, explica que as alterações hormonais e metabólicas que acontecem nos nove meses podem ser boas para a pele de algumas gestantes. Para outras, nem tanto. Pode piorar a acne que já existe ou mesmo desencadear espinhas que você nunca teve. “O problema tende a piorar durante o terceiro trimestre, quando as atividades das glândulas sebáceas (encontradas na pele dos mamíferos) aumentam”, diz.
Para evitar as indesejadas espinhas e os nada bem-vindos cravos, a gestante pode (e deve) tomar alguns cuidados básicos, como fazer uma limpeza da pele de forma adequada, usando sabonete neutro; não esquecer o protetor solar livre de óleos (oil free) – que também evitam as temidas manchas – e evitar, se possível, maquiagens, que podem entupir os poros da pele.
Tratamento
Se, mesmo com todo esse cuidado, os cravos e espinhas aparecerem, consulte seu obstetra. “Indicamos um dermatologista quando os sintomas são mais importantes e a paciente se mostra incomodada”, explica a ginecologista e obstetra Rosa Maria Neme, filha de Maria Cecília e Armando. Ou seja, se você não estiver se sentindo bem por conta das espinhas, dos cravos ou dos dois, fale com o médico que está te acompanhando no pré-natal.
Segundo a dermatologista Eliana Antiqueira, mãe de João Pedro e Ana Beatriz, o tratamento da acne durante a gravidez é mais difícil, por conta das restrições. “Normalmente, recorre-se a um tratamento tópico, com cremes e géis”, diz. É importante que a grávida nunca se medique por conta própria, mesmo nos casos de simples espinhas. “Algumas medicações tópicas não são liberadas. O ideal é que elas procurem um médico para serem orientadas”, afirma a ginecologista e obstetra Carla Kikuchi, filha de Cândida e René.
De acordo com Eliana Antiqueira, dificilmente, uma grávida vai ter um caso de acne grau quatro (que é o mais grave de todos).
Quem está planejando engravidar e vem sofrendo com as espinhas e tomando medicação à base de isotretinoina, é preciso um cuidado delicado. Essa substância apresenta sérios riscos para o bebê, como má-formações e risco de aborto. Portanto, se estiver fazendo o uso deste remédio, evite engravidar por pelo menos um mês após o término do tratamento.
Afinal, o que é?
Não existe uma definição para o que seja a acne, mas quando se tem um número razoável de cravos (os especialistas chamam de comedão) e espinhas que não sejam passageiros, é considerado acne. Ela pode ter quatro graus e, dentro de cada um, podem variar entre leve, moderado ou grave. O primeiro grau é aquele em que só há cravos. O grau dois é quando se tem cravos e espinhas, que nada mais são que os cravos inflamados. Já o terceiro grau abrange os sistos, as chamadas “espinhas internas”. O último grau, o quatro, é quando cravos e espinhas são muito exagerados e deixam cicatrizes na pele.

consultoria
Carla kikuchi, filha de Cândida e René, é ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana, Tel.: (11) 5080-6000, hmsj.com.br
Eliana Kátia Ramos ANTIQUEIRA, mãe de João Pedro e Ana Beatriz, é dermatologista do Hospital São Cristóvão, Tel.: (11) 2029-7222, saocristovao.com.br. Luiza Kassab VICENCIO, filha de Nádima e Fuad, é dermatologista do Hospital Israelita Albert Einstein, Tel.: (11) 2151-1233, einstein.br. Rosa Maria Neme, filha de Maria Cecília e Armando, é ginecologista e obstetra do Hospital Israelita Albert Einstein.

Anúncio

FECHAR

Pais&Filhos TV