Gravidez

Terceira Semana


Mãe

A terceira semana é, na verdade, considerada a primeira semana de gestação. O encontro do espermatozoide com o óvulo acontece no início desta semana: é a fecundação. O ovo ou zigoto está formado e o sexo do bebê, definido. Poucas mulheres sabem que conceberam, pois a menstruação nem atrasou ainda.

Bebê

No 1º dia dessa semana, acontece a primeira divisão celular. Em mais 24 horas, as duas células de seu futuro bebê se transformam em quatro, oito, 16… Enquanto isso, o zigoto desce pela tuba uterina. Ao atingir 16 células, chega ao útero e se implanta. O grupo de células se divide, sem se separar, em duas partes: uma formará o bebê, a outra, a placenta, que com centenas de células, penetra na superfície do útero para receber nutrientes da corrente sanguínea. Ele agora tem 0,1mm! É do tamanho da cabeça de um alfinete, e seria visível a olho nu se não estivesse dentro da sua barriga.

 

Anúncio

FECHAR

Pai

Se vocês estão tentando engravidar, está na maior expectativa. Se não era algo planejado, pode estar com aquela pontinha de preocupação… Testes de gravidez sem receita médica, daqueles de farmácia, já podem ser usados a partir do 10º dia da fecundação ou primeiro dia de atraso menstrual. São bem precisos, praticamente inexistindo falsos positivos.

Gêmeos

Dois óvulos diferentes podem ser fecundados por dois espermatozoides, dando origem a gêmeos fraternos. No caso de gêmeos idênticos, um mesmo óvulo se divide após a fecundação. Se você fez tratamento, há meios de saber o sexo antes da implantação, prática vetada no País, com exceção de doenças hereditárias relacionadas ao gênero. Assim que os pré-embriões estão na cavidade uterina, no caso de reprodução assistida, usam-se hormônios que auxiliam a implantação.

Alimentação

No primeiro trimestre, é importante consumir vitaminas do complexo B, que têm papel importante na constituição e crescimento de tecidos. Essas vitaminas são solúveis em água e não são armazenadas por muito tempo, por isso é importante consumir alimentos que a contenham com regularidade. Entre as boas fontes estão grãos integrais, soja, feijão, ervilha, nozes e carne de porco (B1); nozes, derivados de leite, vegetais folhosos, legumes, carne (B2); cereais vitaminados, ovos, derivados de leite, carne, frango, frutos do mar (B3); grãos integrais, salmão, amendoim e cogumelos (B5).