Gravidez

Quarta Semana


Mãe

O óvulo se fixa no revestimento do útero. Você pode notar um pequeno sangramento. Ele se deve à implantação, mas você pode confundi-lo com a menstruação. Nesta fase, começa a formação da placenta, produzindo o hCG e fazendo com que aumentem os níveis de estrogênio e progesterona. Começam os sintomas: seios doloridos, enjoos, muito cansaço, sensibilidade a odores, aversão a certos alimentos…

Leia também: 

Sagramento da gravidez

Anúncio

FECHAR

Bebê

O embrião cresce. Começam a se desenvolver o saco amniótico, que vai originar a bolsa amniótica, a cavidade amniótica, que contém o saco, o fluido amniótico e o saco vitelínico, que será o trato digestivo. Aparece o vilo corial, tecido que vai revestir a placenta, e o cordão umbilical. Diferentes camadas de células estão se desenvolvendo em partes do corpo do bebê, como os vários órgãos. Seu bebê varia de 0,36 a 1 mm de comprimento.

Leia também:
Líquido em baixa 

Pai

As mudanças hormonais (sim, elas também ocorrem nos homens) estão apenas começando, elas atingirão o auge em mais quatro ou seis semanas. Se está tentando ter um filho, pode estar ansioso ou com um pouco de medo. Já é hora de fazer o teste de farmácia. As estruturas que formarão a placenta já estão liberando o hCG, o hormônio responsável pelas duas faixas rosas (ou azuis, dependendo da marca) que vão confirmar que o bebê está mesmo a caminho.

Saiba mais:
Pré-natal masculino

Gêmeos

Os sintomas costumam ser mais intensos, pois os níveis de hCG podem ser maiores: já pensou duas ou mais placentas trabalhando? Prepare-se: o cansaço bate mesmo. Você pode se pegar dormindo antes mesmo do início da novela. Também ficar ultrassensível a odores que antes não percebia e sentir enjoos. É o organismo mandando descansar e escolher muito bem o que come: obedeça.

Veja também: Meu primeiro dia das mães  

Alimentação

Água de coco, laranja-lima, hortaliças e tomate podem ajudar a repor os níveis ideais de potássio, principalmente se você têm enjoos e vômitos frequentes. Converse com seu médico antes de consumir qualquer medicamento antienjoo. A recomendação vale para todo e qualquer medicamento. Lembre-se que esse cuidado é ainda mais fundamental no primeiro trimestre da gravidez, quando os órgãos do bebê estão se formando.