Gravidez

Décima Quarta Semana


Mãe

Seu intestino pode ficar mais preso. Isso acontece porque os hormônios que o corpo libera na gravidez fazem com que o intestino trabalhe mais lentamente, causando desconforto e constipação nas futuras mães. Você vai precisar de: uma alimentação à base de fibras, incluindo frutas, verduras, legumes e vegetais, muita água, além de atividades físicas regulares, que estimulam o intestino a trabalhar melhor.

Leia também:
De grávida para grávida 

Bebê

Você vai poder ouvir o ritmo do coração dele por meio do sonar. Nossa dica: grave aquele barulhinho e guarde pra sempre. É emocionante. Ele passa a fazer os primeiros movimentos de deglutição. Também faz movimentos de inalar e expelir o líquido amniótico. Ele pesa 43 g e tem 87 mm. No caso de gêmeos, os contatos agora envolvem pernas, braços, boca… Os estímulos ajudam a formar conexões dos neurônios. Talvez, por isso, os gêmeos se saiam melhor em alguns testes após nascer.

Anúncio

FECHAR

Pai

Para o homem, os momentos mais marcantes são aque¬les em que a gravidez se comprova. O exame positivo, assistir a imagem do bebê no ultrassom ou ouvir as batidas do pequeno coração, são alguns des¬ses exemplos. Faz sentido: enquanto a mulher está ali, diariamente lidando com todos os sintomas da gravidez, o pai está ali meio de longe, só olhando o barrigão crescer.

Gêmeos

No consultório médico, vocês devem poder tentar ouvir o coração dos bebês. Muitas vezes, dá para ouvir os dois ou mais batimentos, uma das confirmaçõesda gestação gemelar. Mas não fiquem preocupados se não conseguirem ouvir. Um exame de ultrassom pode confirmar a presença dos batimentos cardíacos dos vários  bebês. Conversem sempre bastante com o médico e tentem ficar tranquilos.

Alimentação

Quem tem pressão alta deve reduzir o consumo de sal ao mínimo. A gestação é o período em que você vai precisar mais de sódio, mas não abuse do sal adicionado (aquele do saleiro) nem dos alimentos industrializados, como fast food ou comidas prontas congeladas. Consuma muitas frutas, legumes e verduras, pois vários estudos demonstram que quem tem uma dieta ricas nesses alimentos têm pressão arterial mais baixa.