Gravidez

Você sabia? As marcas da gravidez têm tratamento!

Celulite, estrias, machas, flacidez… tudo isso pode aparecer depois que você fica grávida, e existem soluções específicas para cada uma delas

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

marcas

Durante a gravidez o corpo muda bastante e, com isso, algumas marcas na pele podem surgir. As grávidas costumam enfrentar o aparecimento de celulite, estrias, flacidez, ganho de peso, melasmos (aquelas manchinhas incômodas), varizes e retenção hídrica. Muitos desses sinais desaparecem nos seis meses seguintes ao nascimento do bebê. Entretanto, para os casos mais graves, existem tratamentos estéticos para ajudar a eliminar essas marcas.

 

Anúncio

FECHAR

Celulite intensa

Pode ser tratada com: heccus (ultrassom), carboxiterapia (injeções de gás sob a pele) e massagens modeladora e linfática

 

Estrias

Dependendo da intensidade, o tipo de tratamento varia. As estrias vermelhas são mais recentes no corpo, então não podem ser tratadas com tanta intensidade, sendo a carboxiterapia o mais indicado. Já as estrias brancas podem ser tratadas com peelings químicos (aplicação de ácidos para eliminar a pele danificada).

 

Flacidez intensa

Pode ser tratada com: radiofrequência (radiações eletromagnéticas de alta frequência, que aquecem as células mais profundas da pele) e carboxiterapia.

 

Ganho de peso

Para esse caso, a receita já é antiga: voltar aos hábitos alimentares e realizar um acompanhamento nutricional, assim como fazer exercícios.

 

Melasmos

Essas são as famosas manchas nas maçãs do rosto, entre os olhos ou em cima do lábio e devem ser tratadas com o uso de ácidos, após a parada da amamentação. Durante a amamentação a mulher pode usar protetores solares e até fazer peeling de diamante.

 

Gordura localizada

Pode ser tratada com: lipocavitação (ultrassom), carboxterapia e heccus (ultrassom).

 

Retenção líquida

Pode ser tratada com: dieta e drenagem linfática 1x semana.

 

Varizes

Possuem diferentes graus e muitas regridem ao longo dos 6 meses. Para resolver essa marca, você deve ir ao médico para que ele possa avaliar e, caso necessário, retirar.

 

Vasinhos superficiais

Podem ser tratados com: luz pulsada. Já os vasinhos maiores devem ser tratados com escleroterapia.

É muito difícil afirmar que os tratamentos eliminem 100% das marcas, já que cada caso é um caso. Mas eles ajudam muito, principalmente nos casos de estrias vermelhas, celulite, ganho de peso e varizes. O importante é sempre consultar um médico especialista antes de realizar qualquer tratamento estético.

 

Consultoria: Adriana Benito, médica especialista da Pró-Corpo, filha de Ricardo e Maria.