Gravidez

Problemas de circulação podem afetar as mulheres na gravidez

Incômodos como vasinhos, varizes e até trombose podem prejudicar a sua gravidez. Veja maneiras de se prevenir

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Quem está esperando um bebê sabe que nesse período o organismo passa por uma série de mudanças boas e outras mais difíceis de lidar. Um dos fatores que é importante se atentar, mas que muitas vezes a gente nem percebe, é a circulação do sangue. Sim, durante os 9 meses o caminho dos sangue pelas veias pode sofrer alteração e, se não forem tomados os devidos cuidados, pode resultar em varizes, inchaço e até mesmo trombose.

A partir do segundo mês de gestação os problemas relacionados a circulação podem aparecer. Eles podem ser caracterizados por dor, cansaço, inchaço e sensação de peso excessivo nas pernas. Pode ocorrer também o surgimentos de vasinhos e até mesmo varizes.

Anúncio

FECHAR

Além de fatores genéticos, os problemas de circulação podem ser desencadeados devido a um ganho de peso excessivo na gravidez, sedentarismo e, principalmente, tabagismo antes da gravidez.

“Assim que a mulher engravida é importante cuidar da alimentação, fazer exercícios e consumir alimentos que possuem vitamina E, explica o angiologista, especialista em cirurgia vascular periférica, Ary Elwing, pai de Sérgio e Simone.

Ele diz ainda que é possível também realizar exames de sangue e ultrasson vascular para medir os riscos de a mulher desenvolver problemas circulatórios durante a gravidez.

O tratamento para problemas de circulação durante a gravidez consiste na realização de exercícios físicos, mudanças na dieta, meias de compressão e, em alguns casos, uso de medicamentos. Mas esse tipo e recomendação só pode ser receitada por um profissional.