Gravidez

Planejamento é tudo! Entenda a importância do plano de parto

O documento é muito útil para tomar todas as decisões relacionadas ao nascimento do bebê

Isabela Kalil de Lima

Isabela Kalil de Lima ,Filha de Kátia e Fabio

untitled-design-10

(Foto: Shutterstock)

Além de decidir o nome do bebê, a decoração do quarto e onde será guardado o estoque de fraldas, também é importante que, antes do nascimento do filho, os pais pensem no plano de parto, uma lista com todas as vontades relacionadas a todos os momentos antes, durante e depois do parto. Esse documento diz respeito às decisões do casal e à saúde integral da mãe e do bebê.

“Além dos seus desejos como mãe, o plano é como um planejamento para o dia do parto, para que a grávida, o companheiro e, especialmente a equipe, saibam como seria o ideal para o casal”, explica Tatiana Lima, mãe de Eduardo, Davi, Pedro e Clara, enfermeira obstetra indicada pela Unimed. É imprescindível ter muita confiança na relação entre o casal e a equipe obstétrica para que, caso algo não saia como o idealizado, haja a certeza de que tudo foi feito pensando no melhor para a saúde da mãe e do bebê.

De acordo com a enfermeira obstetra, a discussão e a confecção do plano de parto devem ser realizadas nas consultas de pré-natal junto com o obstetra. “É importante que o casal já inicie a conversa sobre o tipo de parto e tudo mais que o envolva para que, com mais ou menos seis meses de gravidez, possam escrever o plano”, recomenda Tatiana Lima.

Anúncio

FECHAR

Cada casal pode detalhar os desejos em relação ao que acha necessário para o momento do nascimento do filho, mas os itens abaixo são considerados essenciais para a enfermeira obstetra.

Trabalho de parto

É preciso pensar em como e quem fará o trajeto para a maternidade e quem vai acompanhar o trabalho de parto. Também precisa estar decidida a maternidade, em caso de parto hospitalar. Outro ponto é relacionado às intervenções consideradas necessárias neste momento. Solicite também dieta livre para a gestante e movimentação livre durante o trabalho de parto.

Parto

Deixe claro que a posição na qual você se sentir mais confortável no momento do parto deverá ser respeitada. O ambiente da sala no momento do nascimento, como o tipo de luz e de música, também pode ser escolhido. Inclusive, é possível pedir que o bebê fique com a mãe assim que nascer e que o cordão umbilical não seja cortado enquanto estiver pulsando.

Pós-parto 

Neste momento é interessante solicitar incentivo à amamentação e que o bebê continue em contato com a mãe.

Leia também:

3 vacinas que a grávida precisa tomar

Três sinais de que é hora de ir pra maternidade

Existe jeito certo de fazer força durante o parto normal? Tire suas dúvidas! 

Pais&Filhos TV