Gravidez

Não aguenta mais os enjoos da gravidez? Calma, eles vão passar

Saiba até quando esse incômodo costuma durar

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

enjoos na gravidez_ABRE

Os enjoos podem começar assim que a menstruação atrasar (Foto: Shutterstock)

Um dos sintomas mais clássicos da gravidez, o enjoo pode ser até um dos primeiros indicativos de que um bebê está por vir. Segundo Alberto D’Auria, ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana, pai de Alberto e André, mais de 50% das gestantes sofrem com isso. Se você faz parte deste grupo, fique tranquila: é bastante incômodo, mas passa.

Leia também

Enjoo de grávida tem suas vantagens!

Anúncio

FECHAR

Veja como acabar com o enjoo durante a gestação

E você, enjoa como uma princesa?

“Quando uma paciente diz que está enjoada logo no começo da gestação, entendemos que esse é um sinal de bom prognóstico”, explica o médico. Isso acontece pois o enjoo, de uma forma geral, indica que gravidez está indo bem e que os hormônios estão equilibrados.

De acordo com o especialista, a causa dos enjoos envolve justamente essa produção de hormônios, que em níveis mais altos desencadeiam a sensação. O incômodo também pode estar relacionado a algumas causas psicológicas, como uma grande preocupação com a gravidez ou o conflito da gestante em aceitar essa nova condição de mãe.

Sabemos que você não vê a hora de parar de se sentir enjoada, então aí vai a boa notícia: “Normalmente, os sintomas aparecem nos primeiros dias de atraso menstrual e tendem a melhorar após 12 semanas de gestação, quando os níveis hormonais chegam ao máximo e depois estabilizam”.

shutterstock_98813168_MIOLO

Após a 12ª semana de gestação, é normal que os enjoos passem (Foto: Shutterstock)

Em algumas situações os enjoos podem se tornar graves, levando a paciente a quadros de desidratação e algumas vezes com necessidade de internação. Esse distúrbio é conhecido como hiperêmese gravídica e atinge de 5% a 10% das gestantes. Portanto, se os seus enjoos não passarem ou se as náuseas forem muito fortes, fale com seu médico.

Algumas recomendações do obstetra podem ajudar no bem-estar: alimente-se corretamente e de forma equilibrada, não beba água em grandes quantidades para não distender o estômago e, se necessário, use algum remédio para aliviar a má sensação, se recomendado pelo médico. Além disso, é fundamental não ficar mais de 3 horas sem comer. Nas idas frequentes ao banheiro durante a noite, tente ingerir uma bolacha salgada para ajudar nesse período de jejum.

Lendas e fatos da gravidez

Vida nova em 40 semanas

Como aliviar os enjoos durante a viagem