Gravidez

Flores que acalmam

As grávidas também podem fazer tratamento com os florais com indicação de especialistas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

O uso de florais vem sendo adotado por muitas pessoas em busca do alívio de “dores” tanto fisiológicas e, especialmente, psicológicas, como estresse e ansiedade. As grávidas também podem ser adeptas desses medicamentos que acalmam e aliviam. Apesar de a automedicação parecer bem fácil, é preciso conhecer os sistemas florais, além de ser essencial ter um conhecimento de questões íntimas da medicada. Desta forma, um profissional capacitado deve ser procurado para o melhor resultado e a escolha da melhor opção de floral. Caso haja uma automedicação ou prescrição errada, os florais podem potencializar algumas emoções que a grávida (ou o qualquer usuário) pode não estar preparada para vivenciar.

A terapeuta floral especialista em Healing Herbs e essências de Bach, Carolina Arêas recomenda às grávidas que tomem os florais, por que dão mais equilíbrio emocional nessa fase maravilhosa da vida da mulher. Ela própria tomou durante sua gestação e afirma que lhe trouxeram serenidade, confiança e conexão com o bebê. “Eu já tomava há uns três ou quatro anos antes de engravidar. Continuar tomando durante a gestação foi o caminho mais natural que me acompanhou nos nove meses seguintes. Foi um momento muito especial. Tanto que meu pós-parto foi maravilhoso.”

Anúncio

FECHAR

Por serem bastante particulares, não dá para especificar quais os melhores florais para as grávidas, pois existem diversos tipos que tratam as mais diversas questões da gravidez, indo do enjôo inicial à depressão pós-parto. Mas, alguns deles são mais recorrentes, já que aliviam os sintomas mais comuns que vêm nesses nove meses tão especiais.

Veja abaixo

  • Chamomile (Califórnia) – acalma e alivia enjôos e problemas estomacais.
  • Lavender (Califórnia)- tem efeito sedativo, drenando o excesso de tensão nervosa assim como a hipersensibilidade.
  • Mariposa Lily (Califórnia)- esta flor é relacionada com Deméter, deusa grega irmã de Zéus, a qual atribuem o símbolo da mãe nutridora que protege e cuida de seus filhos. A essência floral cria um belo e forte elo emocional e espiritual entre a mãe e a criança que está para nascer.
  • Olive (Bach) – excelente para o pós-parto ou para o cansaço das noites não dormidas (antes ou depois do nascimento do bebê).
  • Red Chestnut (Bach)- dissipa as preocupações e o excesso de ansiedade relativos à gravidez e ao filho que vai chegar.
  • Walnut (Bach)- excelente para acompanhar as mudanças que surgem a cada etapa da gravidez.