Gravidez

Estresse a longo prazo

Passar por um grande estresse durante a gravidez pode afetar o futuro da criança

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Pesquisadores descobriram que o estresse da mãe durante a gravidez pode afetar a criança no futuro

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Kontanz, na Alemanha, descobriu que o estresse pelo qual uma mulher grávida passa pode afetar o futuro da criança, gerando problemas de comportamento e doenças mentais.

Anúncio

FECHAR

Segundo eles, o estresse durante a gestação afeta um receptor de hormônios, causando alterações biológicas quando a mãe estava sob estresse intenso. A pesquisa foi publicada na revista científica Translational Psychiatry e divulgada pela BBC.

Problemas para o pequeno

Os responsáveis pela pesquisa acreditam que as crianças que foram afetadas pelo estresse ainda na barriga da mãe tenham mais dificuldade para lidar com o próprio estresse no futuro.

Os resultados ainda não são conclusivos, já que a pesquisa foi feita com 25 mulheres e seus filhos, com idades entre 10 e 19 anos. Segundo os responsáveis pelo estudo, o ambiente em que estas mulheres viviam era excepcional, já que a maioria das gestantes não seria exposta a níveis tão altos de estresse e por tanto tempo, e outros fatores externos também poderiam influenciar na reação destas crianças ao longo do tempo. Um dos principais causadores deste estresse das mães seriam maridos violentos.

Uma alteração no gene receptor de glucocorticoide, que controla a resposta do organismo ao estresse, seria um dos principais problemas destas crianças. Os especialistas afirmam que esta alteração acontece quando o bebê ainda está no útero, e não foi encontrada em outros adolescentes.

Essa mudança biológica faria com que as crianças se tornem mais impulsivas e tenham problemas para lidar com as emoções. A equipe de estudo planeja continuar com o estudo para tentar confirmar as informações.

Pais&Filhos TV