Gravidez

Aplicativo de celular salva vida de bebê antes mesmo dele nascer

Emily Eeekhoff percebeu que sua filha não estava se mexendo

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

emily-eekhoffs-bebe

Foto: Divulgação

Muitos criticam os smartphones por tirarem nossa atenção das coisas importantes da vida. No entanto, uma vida teria se perdido se não fosse por causa de um aplicativo para celular. Emily Eeekhoff mora nos Estados Unidos e baixou o app “Count the Kicks” na 28ª semana de gestação. Ele serve para contabilizar os chutes do bebê durante as diferentes semanas da gravidez.

No entanto, quando Emily chegou à 33ª semana, os chutes de sua bebê pararam. Preocupada com a falta de movimentos da filha, a futura mãe foi ao hospital checar se estava tudo bem. O coraçãozinho ainda batia normalmente, mas ela não conseguia se mexer. A equipe médica optou, portanto, em realizar uma cesárea de emergência; quando sua filha nasceu, Emily soube que ela estava com o cordão umbilical enrolado três vezes ao redor do pescoço – imagine o desespero!

Ou seja, se Emily não tivesse baixado o aplicativo e se preocupado, possivelmente sua filha não teria nascido. Que história, não?

Anúncio

FECHAR

 

 

 

Leia também:

Bravo! Conheça o festival de teatro para bebês

3 motivos para não sentir culpa na hora de deixar as crianças com os avós

Você conhece os discos de algodão Bellacotton e Pais&Filhos?

Pais&Filhos TV