Gravidez

Antidepressivos prejudicam os bebês

Estudo mostra que as grávidas devem evitar o medicamento

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

As gestantes que tomam antidepressivos podem prejudicar seus bebês. Depois de especialistas descobrirem que os medicamentos estão relacionados ao autismo, uma nova pesquisa descobriu que eles também podem causar hipertensão pulmonar persistente.

O estudo foi publicado no British Medical Journal e divulgado pelo site da revista Veja. O problema é causado por uma alteração na pressão nos pulmões, provocando dificuldade para respirar, cansaço e tosse.

Foram analisados 1,6 milhão de bebês entre os anos de 1996 e 2007 na Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia. O maior problema estaria com os bebês de mães que usaram antidepressivos no final da gestação.

Anúncio

FECHAR

Cerca de 11 mil de mulheres analisadas usaram os medicamentos nos últimos meses de gravidez, e 17 mil no início. Entre as que tomaram antidepressivos no fim da gestação, 0,2% dos bebês tiveram a hipertensão pulmonar, número próximo ao índice do problema entre aquelas que usaram os remédios no fim da gravidez.

Os médicos alertam que, mesmo que este índice seja baixo, as mães devem ficar atentas ao tratamento com antidepressivos durante a gestação.

Pais&Filhos TV