Família

Pediatras mudam regras da introdução de alimentos

Amamentação exclusiva se mantém. Saiba o que mudou

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Se você já tem filhos maiores, talvez se lembre de quando o pediatra atrasava a introdução do ovo e mandava dar a gema cozida primeiro e clara só depois de um ano para prevenir alergias. O mesmo acontecia com o peixe, principalmente se havia histórico de alergia na família. Pois as orientações mudaram.

Amamentação exclusiva por seis meses ainda é considerada fundamental, mas, quando se inicia a introdução de outros alimentos a partir daí, as regras mudaram. “Atrasar a introdução de alimentos potencialmente alergênicos não só não previne o risco de alergias, como aumenta essa possibilidade”, afirma Roseli Sarni. Ou seja: se seu bebê sem problema tem 6 meses, pode dar peixe, carne e ovo sem medo.

A Pais & Filhos está no Rio Centro, cobrindo o 69º Curso Nestlé de Atualização em Pediatria, acompanhe.

Anúncio

FECHAR

Pais&Filhos TV