Família

Pais&Filhos na Flip 2015

Nem mesmo o tempo fechado espantou o público na 11 edição da Feira Literária Internacional de Paraty

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

7517215224_f668fd354e_k (1)

Foto: Divulgação FLIP Festa Literária

A Flip já quase dispensa apresentações. O evento literário acontece desde 2004 em Paraty (RJ). Apesar de alguns anos mais nova, a Flipinha parece já ter conquistado seu público cativo. Com atrações que acontecem principalmente na Praça da Matriz e na Tenda da Flipinha, o evento voltado para literatura infantil e infantojuvenil é um sucesso.

Quem anda pelas ruas da cidade vê muita criança por aí, prova de que literatura vem sim de berço. É o que acontece com a editora Mika Matsuzake, mãe de Manuela, 7 anos, e Isadora, 3 anos, que já perdeu as contas de quantas vezes veio ao evento. A filha mais velha diz que esta é a quarta vez que visita a Flip. “Na primeira eu ainda estava na barriga da minha mãe”, brinca. Apesar de a visita fazer parte do trabalho da editora, ela sempre tira um dia todo para ficar com as crianças, que dizem adorar o passeio.

Anúncio

FECHAR

Filho de peixinho

Autor, contador de histórias e palestrante da Flip, Tiago Hakiy, trouxe o filho Vinicius para acompanhá-lo durante todos os dias de festa. Na palestra para o Instituto C&A, o autor de literatura focada na cultura indígena, contou que incentiva o filho a ler, mas que acha que a paixão pela literatura não é um processo que acontece se os pais não incentivam e dão o exemplo aos filhos. A gente assina embaixo!

A festa está em todos os cantos, mas quem veio com criança dificilmente vai deixar de passar pela Praça da Matriz. Um dos principais pontos turísticos da cidade, a praça foi toda desenhada para que as crianças pudessem passar o dia todo entre leitura e brincadeiras. Nas árvores vemos os chamados Pés de Livros, em que livros infantis são pendurados em galhos e colocados sobre uma colcha cheia de almofadas, uma delícia para quem quer dar uma relaxada durante toda a agitação.

Durante a manhã e a tarde, crianças e adultos também podem participar das oficinas que acontecem em diferentes bancadas espalhadas pela praça. E durante todo o dia monitores ficam interagindo e brincando com as crianças. Tudo, em frente a Tenda da Flipinha e da Biblioteca Casa Azul – dois espaços que ficam o tempo todo prontos para receber os pequenos leitores.

Por todos os lados

E quem quis aproveitar as atrações fora da agenda das crianças não teve problemas. Na parte de fora da Tenda dos Autores um telão exibe em tempo real a palestra do momento. Enquanto os pais prestam atenção ao que está acontecendo, as crianças parecem ficar por ali na maior tranquilidade – claro que os pais estavam preparados para distrair as crianças ao menos pelo momento da palestra. Normal, tudo uma questão de combinação.

Veja tudo o que rolou nessa festa linda!