Família

Pais defendem filho de 5 anos que foi expulso de escola por agredir funcionário

Família acredita que instituição colocou filho em lista negra

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

21/12/2012


O rosto angelical e os argumentos dos pais de Logan Steed, de 5 anos, não combina com os registros da escola, que suspendeu o aluno quatro vezes em seu primeiro ano, antes de expulsá-lo definitivamente. Com apenas cinco anos de idade, ele já mordeu e bateu em outros colegas e funcionários da escola, além de jogar fora materiais e roubar frutas. Em uma ocasião, a escola precisou evacuar toda a classe para proteger os outros alunos. Mas os diretores acharam que a situação havia passado dos limites quando Logan deu um chute na cara de um professor.

Os pais da criança afirmam que em casa ele se comporta muito bem e acreditam que a escola o colocou em uma espécie de lista negra. O pai do menino disse ao Portal Daily Mail, “A escola disse que tinha de excluí-lo para garantir a segurança dos funcionários e alunos, mas eu não entendo como uma criança de cinco anos de idade pode representar tanto uma ameaça”. Já a mãe, Laura, fala que é como se eles estivessem falando de dois garotos diferentes, já que em casa ele nunca apresentou essas características, “Ele realmente é um menino inteligente e agora que está sendo desperdiçado”.

Anúncio

FECHAR

Atualmente, Logan recebe uma hora de aula diariamente em uma escola especializada. O professor da antiga escola disse, “Esta instituição tem uma posição firme sobre a segurança dos alunos e funcionários e agressões de ambos os lados não podem e não serão toleradas”.  

 

Pais&Filhos TV