Criança

Movimento Slow Kids chega às festas de aniversário!

Nas comemorações com estilo slow não pode faltar brincadeiras de roda, comida saudável e muita interação entre as crianças. Saiba mais!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

shutterstock_183616823

Não se admire se chegar a uma festa infantil e se deparar com brincadeiras de rodas ou ouvir cantigas como “Corre cotia”, sem a presença dos modernos jogos eletrônicos, mas, em contrapartida com muita interação entre as crianças. Não estamos narrando uma comemoração dos anos 1980. Trata-se de uma das últimas tendências para festas infantis que segue o movimento slow idealizado pelo escritor e jornalista, Carl Honoré. Ele instituiu o conceito como combate ao superagendamento da infância.

Talvez Honoré não tivesse ideia da repercussão em mostrar a importância de uma nova forma de viver… como antigamente. Sob o ideal de desacelerar e fazer as coisas na velocidade certa, rapidamente esta filosofia passou a ser adotada em diversos setores: na alimentação, com o slow food, na moda com o slow desing e na criação dos filhos com o slow kids. Mais recentemente esse conceito invadiu também as festas das crianças.

Anúncio

FECHAR

As comemorações desse estilo são mais intimistas, resgatam brincadeiras de antigamente e proporcionam uma interação entre os convidados. Ana Luisa Oliveira, sócia do Cheers Kids, evento especializado em festas infantis, conta que esse pensamento está cada vez mais sendo aproveitado pelos pais, e além das atitudes diárias, a ideia é introduzir o slow nas comemorações, fugindo dos tradicionais jogos eletrônicos.

“O relacionamento virtual com o próximo acaba sendo superficial. A ideia não é tirar a tecnologia da criança, mas sim equilibrar esse universo com brincadeiras ligadas à natureza e a criatividade ao lado dos pais e em contato com outras crianças”, conta Ana Luisa.

Entre os serviços oferecidos em festas slow por empresas especializadas como a da Ana, estão: brincadeiras de antigamente como pular elástico, amarelinha, ciranda, entre outros. “Também é oferecido um cantinho do soninho para as crianças quando as festas são realizadas à noite ou duram por mais de 5 horas”, revela a sócia do Cheers Kids.

Vale destacar os detalhes da decoração desse tipo de festa, que trazem um resgate da tendência retrô, no material, cores, temas ou estampas. Na parte de alimentação, há o objetivo de melhorar a qualidade de vidas das famílias, propiciando momentos agradáveis de convivência à mesa.