Família

Livro interativo ajuda pais e professores conversarem com crianças

O livro "100 perguntas que vão dar o que falar" é uma iniciativa do "Todos pela educação"

Isabela Kalil de Lima

Isabela Kalil de Lima ,Filha de Kátia e Fabio

A ideia do livro é que os pais leiam as perguntas e conversem com os filhos (Foto: Shutterstock)

A ideia do livro é que os pais leiam as perguntas e conversem com os filhos (Foto: Shutterstock)

Qual foi o dia mais feliz da sua vida? O que você mais gosta de fazer na escola? Como você acha que vai ser o mundo daqui a cem anos? Do que você mais gosta de brincar? Esses e outros questionamentos são propostos no livro “100 perguntas que vão dar o que falar”.  O livro é uma iniciativa do movimento “Todos pela educação” para incentivar o diálogo entre adultos e crianças ou jovens.

Leia mais:

Pesquisa revela que as crianças aprendem a falar repetindo seus próprios sons

Anúncio

FECHAR

Descubra o que seu filho quer falar para você

Quem ensina o quê?

A ideia do caderno surgiu de uma pesquisa feita pela organização feita em todas as regiões do Brasil. Foi descoberto que uma das maiores dificuldades de pais e professores era o diálogo.  As perguntas foram feitas com base nessa pesquisa e com a ajuda da Comunidade Executiva Cedac, que trabalha na formação de professores.

Apesar de estar relacionado à educação, o caderno não foi feito apenas para valorizar o relacionamento na escola. “O livro também propõe conversas sobre sentimento e é para ser usado como instrumento para apoiar o vínculo da criança com a família”, conta a gerente de Mobilização e Comunicação do Todos pela educação, Camilla Salmazi, mãe de Luisa.

Como falar com crianças sobre peso e saúde

Maneira de falar com a criança hiperativa reduz a euforia; veja dicas

No caderno, pais, mães, tios, tias, avôs ou avós ou qualquer adulto que conviva intensamente com crianças e jovens podem ler juntos as perguntas e depois anotar. “Com o passar do tempo, é possível retomar uma pergunta já feita, comparar as respostas atuais com as anteriores”, acrescenta Camilla.

A ideia principal do livro é que os pais leiam as perguntas para os filhos. “Mas nada impede que as crianças vejam as perguntas junto com o pai. Também é uma forma de estimular a leitura”, explica Camilla.

O livro não está à venda, mas está disponível em versão virtual e pode ser acessada aqui. Empresas e organizações que queiram fazer parte do projeto, também podem entrar em contato com o “Todos pela educação” e combinar a impressão.

Você sabe como falar sobre sexualidade com seus filhos?

Por que você não deveria falar sobre dieta e peso com sua filha