Família

Comida saudável

Introduzir as papinhas na alimentação do pequeno exige alguns cuidados

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A partir dos seis meses, os bebês já podem comer papinhas, mas tome cuidado com o preparo

Amamentar é fundamental, mas, a partir dos seis meses, os bebês podem começar a se alimentar com papinhas e outros alimentos, sejam eles comprados prontos ou feitos em casa.

Anúncio

FECHAR

Nos dois casos, é importante que você preste atenção na composição e no preparo destes alimentos. As novas refeições dos pequenos não devem ter sal ou conservantes, já que, nesta fase, o sistema digestivo dos bebês ainda não está totalmente formado.

Confira algumas sugestões de produtos para alimentação do seu pequeno

Evite também dar ao seu filho alimentos que possam causar alergias ou problemas gastro-intestinais, como açúcar, ovo, refrigerantes, frituras, embutidos, adoçantes e alimentos condimentados.

Se a refeição foi feita em casa, opte por legumes, frutas e grãos que a família está acostumada a consumir. Tubérculos como mandioquinha, batata e inhame dão energia, enquanto abobrinha, espinafre, couve, cenoura, chuchu, brócolis e couve-flor são fontes de vitaminas e minerais. Os grãos, carne de boi e ave dão as proteínas necessários ao pequeno.

Doce ou salgada

Você pode oferecer até três refeições por dia ao pequeno, no meio da manhã, almoço e durante a tarde. Intercale os sabores das papinhas, dando preferência pelas salgadas no horário do almoço e do jantar, a partir dos 8 meses.

Preste atenção também na consistência dos alimentos. As papinhas devem ser líquidas e pastosas, e só devem se tornar mais sólidas quando surgirem os primeiros dentes do bebê, para estimular a mastigação e deglutição dos alimentos.

Consultoria: Priscila Beneduce, mãe de Giulia, Letizia e Sophia, é nutricionista.

Pais&Filhos TV