Família

Aluga-se pai

Já pensou contar com os serviços de um pai de aluguel?

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Agências de profissionais de serviços domésticos oferecem pais de aluguel na Rússia
 
Não, ainda não estão alugando a barriga dos homens para gerar filhos. Mas, a Gazeta Russa noticiou que, na Rússia, agências especializadas em profissionais de serviços domésticos estão oferecendo o serviço de pais de aluguel. 
 
Uma diária do profissional custa entre R$ 230 e R$ 345 e ele pode ser contratado para passar um fim de semana e brincar com as crianças, levá-las ao cinema, ajudá-las a fazer lição de casa e ir ao parque. Mas também participam dos afazeres domésticos, levam à escola e passam tempo com os “filhos” em casa.
 
O uso dos serviços do pai de aluguel divide psicólogos e especialistas russos. Os que são contra alegam que parece evidente que algo está errado na sociedade se serviços como esse são necessários. O que talvez explique a busca pelo pai de aluguel seja o fato de que mais de 30% das crianças russas nascem de mães solteiras, segundo estudos do Ministério da Saúde e do Desenvolvimento Social. E mais, estatísticas do Rosstat (órgão responsável pelas estatísticas russas) mostram que, enquanto cerca de um milhão de casamentos são registrados na Rússia todos os anos, 700 mil casais de separam. Isso significa que quase três a cada quatro casamentos simplesmente não dão certo. 
 
Aí está a brecha para os especialistas que apóiam o uso do pai de aluguel. Eles afirmam que a comunicação com um homem, mesmo que seja por algumas horas no fim de semana, representa uma experiência importante e positiva para qualquer criança que não vive com seu pai.
 
No Brasil, ainda não se tem notícia de nenhuma agência que ofereça o serviço do pai de aluguel.

Pais&Filhos TV