Família

8 dicas para fotografar crianças

Selecionamos truques bem simples que vão te ajudar no momento de tirar fotos das crianças

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Fotografar os filhos é uma delícia e quase um vício. Hoje, com um celular na mão o tempo todo, nosso álbum de fotos fica lotado rapidinho: nem precisa de uma situação especial para registrar. Para te ajudar a tirar fotos cada vez melhores, conversamos com o fotógrafo e colunista Ike Levy.

1. Valorize a naturalidade

Anúncio

FECHAR

Crianças costumam ter muitos momentos espontâneos e carregados de doçura quando estão brincando, rindo e até mesmo distraídas. Ike conta que fotografá-las sem que percebam é uma forma de captar a naturalidade. Tentar dirigí-las, pedindo que façam poses e olhem para a câmera, pode quebrar o clima de descontração e fazer com que seu filho ache chato tirar foto.

2. Faça a criança rir

Se ela perceber que você está por perto, procure interagir para que ela sorria. Aí vale tudo, contar uma piada, cantar uma musiquinha que ela goste, fazer uma careta. Além de conseguir uma foto bonita, você também terá um momento de descontração com o seu filho.  

3. Use luz natural

Aproveitar a iluminação natural também é uma forma de deixar a foto mais bonita. Uma dica do Ike é não colocar a criança de frente para a janela com sol entrando, mas sim fotografá-la com os raios de sol na lateral. Os melhores horários para fotografar são no período da manhã e depois das 14 horas.

A luz natural possibilita que a foto seja tirada sem o flash que, em algumas câmeras, é muito forte e pode causar desconforto na criança.

4. Seja discreto

Crianças podem se assustar com câmeras e celulares, se ficarem muito perto. Por isso, é importante ter bom senso. Se você perceber que seu filho só faz cara de medo quando você vai tirar uma foto, tente chamar a atenção dele para outras coisas. Um ursinho de pelúcia, um boneco ou algo que ele goste muito pode ser uma opção para deixá-lo mais à vontade com a situação. “Esse recurso também pode fazer com que a criança olhe para a câmera. uma das principais dificuldades na hora de fotografar”, conta Ike.

Leia a última coluna de Ike Levy, sobre a educação de seus filhos

5. Aproveite o que ela tem de melhor

Cada criança carrega consigo uma característica especial. Alguns gostam de andar pela casa com um paninho, outros tem um jeito de olhar que é único e tem aqueles que estão sempre sorrindo. Se você perceber isso em seu filho, tente registrar. Mas não torne isso uma obsessão nem fique correndo atrás da criança. No momento certo você conseguirá fotografá-lo.

6. Cuide do ambiente

Não há necessidade de levar seu filho a um estúdio fotográfico. As fotos têm o intuito de ser uma lembrança da infância, e o melhor lugar para fotografar é em casa. Portanto, certifique-se que o local está organizado, limpo e confortável.

7. Cuide do figurino

A roupinha que a criança está usando também pode ser um diferencial. Ike sugere o uso de cores fortes e alegres. E procura evitar roupas que tenham frases e que a grife apareça muito, por uma questão de estética.

8. Você também pode sair na foto

Ok, o destaque são os filhos, mas a família também merece um registro. Momentos como o pai e o filho dormindo juntos, na piscina, ou simplesmente a mãe carregando a criança no colo são ótimas formas de contar por imagens a história da família.


 

Pais&Filhos TV