Especiais

Dicas do Encontro Pais&Filhos: é nossa função orientar as crianças no uso das tecnologias

Clarissa Orberg falou sobre como os celulares alteram a dinâmica da família

selo-240x89
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

clarissa

(Foto: Gustavo Morita)

Não tem como negar que a tecnologia chegou e veio para ficar. Ela trouxe inúmeras mudanças na dinâmica da família e é sobre isso que a Clarissa Orberg, gerente de parcerias de conteúdo infantil e educacional do Youtube no Brasil, falou na segunda palestra do nosso primeiro Encontro Pais&Filhos Conexões: Juntos é Possível, que está acontecendo na Unibes Cultural.

Ela iniciou a conversa apresentando algumas das tecnologias que já passaram pelas nossas mãos no passado. Hoje, elas podem até ter mudado o formato, o tamanho e a velocidade, mas a questão é que elas estão cada vez mais espalhadas e em grande quantidade. Segundo a palestrante, são dois bilhões e meio de smartphones conectados na internet pelo mundo. Assim, “cada um está no seu mundinho, consumindo e acessando o que quer,” complementa Clarissa.

A palestrante também reforçou que o celular pode até ser muito temido e visto como vilão, mas não é bem assim! Temos que enxergar de um jeito diferente e, para isso, dependemos muito do jeito que lidamos com essa novidade nas nossas vidas. “Os celulares são ferramentas e podem servir para o bem!”, afirma Clarissa.

Anúncio

FECHAR

Ao longo da apresentação, ela também apresentou alguns dados sobre a nossa realidade digital. Entre eles, descobrimos que 87% não abandonam o celular por nada, acordam e vão dormir checando as redes sociais e aplicativos na tela. Sobre as crianças, um quarto delas já é usuária das tecnologias, sendo que 74% delas de até 11 anos têm acesso à internet. Mas, não tem jeito: elas nasceram na era digital e nesse ambiente tecnológico. A função dos pais é saber como ensinar os filhos a usar.

Clarissa também fez parte do lançamento do Youtube Kids e apresentou à plateia o aplicativo. Ele filtra todo o conteúdo seguindo uma classificação de idade e de configurações. “É a interface de vídeos mais apropriada para os nossos filhos e também possibilita aos pais participarem do processo de escolha e filtro dos vídeos”, explica a palestrante. Ela acrescenta que “o celular é uma janela para o mundo e cabe aos pais ensinarem aos filhos como usá-lo”.

Para finalizar a conversa, ela passou algumas dicas para os pais. Entre elas, assistir aos vídeos junto com os filhos e procurar orientá-los a se descobrirem e descobrirem o próprio mundo. Os adultos devem também verificar os jogos apropriados, usar as configurações de privacidade e proteger as senhas das contas virtuais. Os próprios pais devem se atentar ao que eles postam na rede, como fotos que podem ser comprometedoras. Vale também estabelecer as regras de tempo de uso diário da tecnologia.

Ela finalizou dizendo que a responsabilidade é sempre dos pais! Pensando nisso, essas dicas são valiosas, não são? Essa foi a segunda palestra do nosso primeiro encontro Conexões, que está ocorrendo hoje na Unibes Cultural

Leia também:

Se seu filho está muito tempo online é porque você deixa!

Alerte seus filhos sobre os perigos da internet

As novas regras do jogo: como usar a internet do jeito certo

rodape-600x131-1