Criança

Você também está na luta contra o xixi na cama do seu filho?

Entenda quais as possíveis causas e como prevenir

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

xixi-na-cama

(Foto: Shutterstock)

O momento do desfralde é sempre tenso, você fica imaginando quando seu filho se verá livre daquelas fraldas, ao mesmo tempo em que fica com medo de ocorrer o famoso xixi na cama. “Enurese noturna” é o termo usado pelos médicos para nomear o “fazer xixi na cama, isso afeta mais de 6% de todas as crianças na América e, aproximadamente, 15% das que têm 5 anos ou mais faz xixi na cama quase todas as noites. Pesquisas apontam que é duas vezes mais comum isso acontecer com os meninos, talvez porque eles tendem a amadurecer mais tarde. É importante também lembrar que, normalmente, não se trata de um problema físico. Então não deixe seu filho se sentir mal e envergonhado por causa disso.

A Enurese noturna atinge crianças na faixa dos cinco anos, ou mais, e é um evento que ocorre aproximadamente duas vezes por semana, por pelo menos três meses. É a genética quem manda! “Se tiver um caso na família, então existe uma chance de 40% que seu filho também tenha”, diz Mark Posner, urologista em Baton Rouge, EUA.

Pode ser que seu filho tenha ficado livre das fraldas cedo, mas te dava a maior dor de cabeça à noite. E tem explicação! As crianças que ficam “secas” durante todo o dia, mas fazem xixi na cama à noite, têm uma bexiga menor e talvez o sono seja muito profundo, o que dificulta a comunicação entre cérebro e bexiga. Constipação também pode ser a causa. O urologista Steve J. Hodges estudou crianças que estavam sendo tratadas de enurese noturna e descobriu, através do raio X, que todas tinham excesso de fezes no reto. Dentro de 3 meses, tomando a medicação necessária, 80% das crianças pararam de fazer xixi na cama.

Anúncio

FECHAR

Para entender melhor outras causas e maneiras de prevenir, você pode conferir a matéria completa na nossa revista que já está nas bancas.

Leia também:

Xixi na cama: até que idade é normal?

Fim das fraldas e algumas reflexões

7 regras de ouro para seu filho começar a usar o penico

Pais&Filhos TV