Criança

Tosse ou pesadelo?

Alérgica, aguda ou crônica? Conheça e saiba como tratar a tosse do seu filho

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A tosse alérgica é mais um sintoma das famosas crises de alergia.

por Nivia de Souza, filha de Tânia e Renato.

Anúncio

FECHAR

No meio da noite, você acorda com aquele som – que nos preocupa um pouquinho – do seu filho tossindo. Você viu este filme antes? É, esta cena já pode ter sido exibida, algumas vezes, na sua casa. Criança com tosse é corriqueiro, ainda mais à noite. Mas, mais comum ainda, é utilizarmos xaropes e até receitas caseiras para amenizar a situação.

A tosse pode ser aguda ou crônica. A aguda dura cerca de quatro semanas e, na maioria das vezes, é um processo de infecção de via aérea. O tratamento básico é a boa hidratação oral, inalação, lavagem nasal e ela até pode melhorar de forma espontânea.

Já a alérgica, é mais persistente e precisa ser investigada. “É comum atribuir tudo a ela. A tosse alérgica é um sintoma e não uma doença”, explica a pneumologista Simone Aguiar, filha de Idair e Edgar. Em geral, ela chega associada a outros sintomas alérgicos, como coceira nasal e faríngea (na garganta), corisa e espirros, que nada mais são do que os típicos sinais de uma rinite não-controlada.

Casos e mudanças

Julia Carneiro, de quatro anos, filha de Daniela, é muito alérgica. Já fez diversos tipos de tratamentos. “Qualquer poeirinha ou tempo seco a faz tossir bastante”, fala a mãe. A poluição externa, a falta de cuidados com a higiene do ambiente físico, odores fortes como os de produtos de limpeza e tabaco são fatores que, quando expostos a eles, os alérgicos sofrem. Isso acontece porque estes elementos funcionam como um estímulo para a alergia aparecer.

A pneumologista Simone afirma que a higiene do ambiente físico é mesmo fundamental. “É importante manter as crianças em um ambiente o mais limpo possível”, adiciona. Priscilla Hoffmann, mãe de Enzo, de um ano e seis meses, revelou que, quando o menino começa a tossir, o clima pesa em casa. “Tomamos todos os cuidados que uma criança alérgica deve ter com o quarto”, explica a mãe.

[!page]

Tanto Daniela como Priscilla fizeram modificações em suas casas buscando minimizar a exposição aos fatores que causam os sintomas alérgicos. Daniela chegou até a mudar de casa devido à alergia de Julia. “Produtos de limpeza com o cheiro mais forte só são usados quando ela está fora de casa”, conta a mãe.   

É preciso atenção

As chances de uma pessoa que tem tosse alérgica apresentar este sintoma a cada crise de alergia são bem grandes. “Principalmente se ela for criança”, avalia a profissional. Por isso, antes de iniciar qualquer tratamento é preciso uma avaliação médica. “No momento em que se tem o diagnóstico, o tratamento começa”, explica Simone. As crianças alérgicas precisam fazer um acompanhamento regular com o pediatra que, se for necessário, as encaminhará para especialistas no assunto.

O importante é não confundir os dois tipos de tosse, pois para cada uma delas um tratamento é indicado e isso influi diretamente na melhora do seu filho. Se você quer melhores noites de sono – para você e pro seu filho – e mais tranquilidade em épocas mais propensas a alergias, fique bem atento!

Pais&Filhos TV